Mistérios da Cidade

GPS agiliza coleta de lixo

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Fabio Brisolla, Giovana Romani e João Batista Jr.] - Atualizado em

Há três meses, os 295 caminhões que coletam diariamente 9 500 toneladas de lixo domiciliar na cidade são monitorados pelo sistema GPS de localização via satélite. As concessionárias EcoUrbis Ambiental S.A. e Logística Ambiental de São Paulo S.A. (Loga) gastaram 2,4 milhões de reais com a instalação de aparelhos que acompanham cada deslocamento minuto a minuto com o objetivo de constatar - e evitar - eventuais atrasos. Quando um veículo para por mais de quatro minutos, um ponto amarelo surge na tela do computador central, alertando sobre possíveis falhas. "Passamos a identificar mais facilmente os locais com acúmulo de lixo", explica Ricardo Acar, presidente da EcoUrbis. Quando necessário, aumenta-se o número de caminhões para as áreas problemáticas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO