ato contra a copa

Governo divulga imagens de conteúdo da mochila de jovem baleado em protesto

Fotos mostram dois estiletes e artefatos com pavio; secretário reitera que Fabrício Chaves, de 22 anos, foi atingido porque tentou agredir policiais

Por: Juliana Deodoro - Atualizado em

A Secretaria de Segurança Pública divulgou na tarde desta segunda (27) imagem do que seria o conteúdo da mochila apreendida com o jovem Fabrício Proteus Nunes Fonseca Mendonça Chaves, baleado por policiais durante os protestos contra a Copa do Mundo, no sábado (25). 

Na imagem, há uma camiseta, um uniforme de trabalho, uma chave de grifo (ferramenta), dois estiletes, um óculos protetor, um frasco de vinagre e dois artefatos com pavio que ainda serão analisados, segundo a SSP.

Durante a divulgação, o secretário Fernando Grella reiterou que Fabrício, que segue internado em estado grave na Santa Casa de Misericórdia, foi ferido porque tentou agredir os policiais com um estilete, o que a família do rapaz contesta.  “Não acho que seja manifestante quem esteja com estilete, com materiais supostamente explosivos e com instrumentos que servem muito mais a agressões", disse Grella. "As cenas mostram um ato de agressão contra o policial e isso legitima a ação." O caso está sendo investigado pela corregedoria da polícia.

Segundo o delegado que investiga o caso, Luciano Pires, os policiais envolvidos já prestaram depoimento. Os dois disparos foram efeturados por policiais diferentes, segundo o delegado. Um tenente, que é visto caindo nas imagens de câmeras de segurança divulgadas, efetuou o primeiro. O segundo tiro foi dado por um soldado que se aproxima de Fabrício. A polícia tem um prazo de 30 dias para apresentar o inquérito do caso.

Fonte: VEJA SÃO PAULO