Memória Paulistana

Cinema Gemini fecha as portas

Depois de exibir o longa nacional 'Cabeça a Prêmio', no domingo (26), o local encerra suas atividades

Por: Marcelo Moura [Com reportagem de Isabella Villalba] - Atualizado em

Gemini - 2184
Gemini: inaugurado em 1975, encerra as atividades neste domingo (26) (Foto: Eduardo Albarello)

Ao surgir, em 1975, o Gemini era vanguarda. Numa São Paulo com cinemões na rua, ele tinha duas salas médias e ficava dentro de uma galeria, na Avenida Paulista. Graças às poltronas dispostas em degraus, o espectador não era atrapalhado por quem estivesse na fileira da frente. Também faziam sucesso os lugares juntinhos e isolados dos demais, próprios para namorar. Sem reformas, no entanto, ficou antigo diante das salas multiplex de shoppings. Sobrevivia com o apelo de ter ingressos mais baratos e de ser sempre um dos únicos espaços na cidade a manter em cartaz alguns filmes considerados cult. Esse tempo também acabou. Depois de exibir o longa brasileiro ‘Cabeça a Prêmio’ no domingo (26), às 21h40, o Gemini deve encerrar suas atividades.

Fonte: VEJA SÃO PAULO