Esporte

Gabriel Medina recebe homenagem e ganha estátua em Maresias

Primeiro surfista brasileiro campeão do mundo chega à cidade nesta quarta (24) com direito a carreata em carro do Corpo de Bombeiros e festa de recepção

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Após se tornar o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe profissional, o paulista Gabriel Medina chega à sua cidade de origem, São Sebastião, no Litoral Norte, na quarta (24). Para comemorar o título inédito, o surfista será homenageado com uma recepção especial e ganhará uma estátua, prevista para ser inaugurada no primeiro semestre do ano que vem.

+ O melhor de Ilhabela: praias, boa mesa e badalação

Medina e sua família serão recebidos às 10h na praia de Juquehy. De lá, seguem em uma carreata em carro do Corpo de Bombeiros e desembarcam em Maresias, num trajeto aproximado de 20 quilômetros até a cidade onde mora. No local, uma estrutura com palco e som estará espera o campeão e seus fãs.

Além desta homenagem, a prefeitura de São Sebastião confirma a criação de uma calçada da fama e uma estátua de Medina. O monumento representará a onda que o surfista pegou em Teahupoo, no Taiti, em agosto deste ano, quando derrotou o americano Kelly Slater. A obra será montada na Praça do Surfe, na praia de Maresias, bairro que Medina nasceu.

Nesta segunda (22), o jovem completou 21 anos e recebeu homenagens de fãs e amigos na internet. Inclusive teve o nome entre os assuntos mais comentados da web durante quase todo o dia. Entre os recados está o do jogador Neymar, que publicou uma foto ao lado do surfista:

Neymar Gabriel Medina
Neymar faz homenagem com foto no aniversário de Gabriel Medina (Foto: Reprodução / Instagram)

Nascido em 22 de dezembro de 1993, no município de São Sebastião, o garoto levou o título na etapa final do circuito, em que foi vice-campeão, na praia de Pipeline, no Havaí, na última sexta (19). Foram três etapas vencidas no ano, na Austrália, em Fiji e no Taiti.

+ Confira algumas manobras de Medina na temporada de 2014

Com um estilo agressivo e cheio de aéreos, o fenômeno começou cedo no esporte, aos 9 anos. Em sua trajetória, conquistou o título brasileiro amador e o tricampeonato paulista. Também chegou ao vice no Mundial Amador Sub-16.

Em 2009, fechou seu primeiro patrocínio e tornou-se profissional. A passagem primorosa pelas divisões de acesso o levaram à elite. Nesse ano, realizou uma campanha extraordinária, liderando o ranking mundial da categoria desde junho, à frente de nomes como os ex-campeões Kelly Slater e Mick Fanning.

Fonte: VEJA SÃO PAULO