Engenheiro e jornalista

Fundador da CET, Roberto Scaringella morre aos 73 anos

O especialista em segurança no trânsito foi presidente do órgão em três ocasiões

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Roberto Scaringella
Fundador e primeiro presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Roberto Scaringella, morreu nesta sexta-feira (14) (Foto: Alexandre Schneider)

Aos 73 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (14) o fundador e primeiro presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo, Roberto Scaringella. Ele estava internado no Hospital A.C. Camargo desde segunda-feira para tratar de um câncer. 

A irmã de Scaringella, Rosana, disse ele lutava contra a doença desde 2011. “No último sábado, meu irmão estava com febre e foi para o hospital. Roberto faleceu às 10h30 de hoje”.

O velório acontece no Funeral Home, na Bela Vista. O enterro está marcado para as 16h de sábado, no Cemitério de Congonhas, no Jardim Marajoara.

CET

Especialista em segurança no trânsito, Scaringella era formado em engenharia civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e em jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero.

Fundador da CET em 1976 e presidente do órgão em três ocasiões, sempre foi grande entusiasta do pedágio urbano. Para defender sua opinião, Scaringella citou em entrevista à VEJA SÃO PAULO em 2012 as melhorias em transporte coletivo que poderiam ser feitas com a arrecadação. "Mas a medida tiraria votos e os executivos públicos se preocupam com isso. Por isso não consegui implantar a ideia nas minhas gestões."

Além da CET, ele dirigiu a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e o Departamento de Operações do DSV, além de presidir o Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Scaringella foi também secretário municipal de Transportes entre 1986 e 1987. Solteiro, ele deixa dois irmãos e sobrinhos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO