Polícia

Funcionário do SBT é morto durante assalto em Pirituba

Eduardo Henrique de Moraes, videografista dos programas "Eliana" e "Domingo Legal" foi assassinado enquanto visitava a casa de um tio

Por: Ana Carolina Soares

Um funcionário do SBT, Eduardo Henrique de Moraes, conhecido como DJ GPI, foi assassinado durante um assalto em Pirituba no domingo (20). Por volta das 16h, três homens invadiram a casa de Antônio Carlos Conde, feirante, e renderam oito pessoas que estavam lá. Entre eles, estava o videografista dos programas Eliana e Domingo Legal. Moraes era sobrinho de Conde.

+ Corregedoria da polícia é acusada de cobrar "mensalão" de corruptos

Um dos ladrões subiu para o segundo andar do sobrado, em busca de dinheiro. Houve uma discussão entre os bandidos e em seguida, trocaram tiros. Uma bala acertou Moraes. Ele foi levado para o pronto-socorro de Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos. O feirante Gleidson de São José foi atingido na mão, mas já foi socorrido e passa bem.

Os três assaltantes fugiram em uma picape Hyundai, com placa vermelha, ainda não identificada. Um deles carregava uma maleta, mas ao descobrir que era de maquiagem, jogou fora.

Moraes tinha 36 anos e deixa uma esposa e um filho de cinco anos. As informações são da equipe do 87º distrito policial, que investiga o caso.

+ As principais notícias da semana

Fonte: VEJA SÃO PAULO