Sem folia

Para fugir do samba no sábado (18): passeios com as crianças

Cinco programas para passar longe do batuque com a garotada

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Energia
Um dos doze espaços da mostra 'Energia': o cenário representa o oceano e a fotossíntese das algas (Foto: Mario Rodrigues)

+ Programas para fugir do samba neste sábado (18)

+ 80 programas sem folia

  • Boliches

    Dragon Bowling - Shopping Center Norte

    Travessa Casalbuono, 120, Vila Guilherme

    Tel: (11) 2252 2754

    2 avaliações
  • Autódromos

    Kartódromo Ayrton Senna / Kart Premium Interlagos

    Avenida Jacinto Júlio, s/n, Cidade Dutra

    Tel: (11) 5666 8072 ou (11) 5666 8083

    1 avaliação
  • Resenha por Tatiane Rosset: Instalada em um galpão ecologicamente correto de 1.400 metros quadrados, a mostra diverte e ensina com atrações interativas. Cada um dos doze espaços explora um tema. Uma sala, por exemplo, simula o oceano para tratar da fotossíntese das algas. Na curiosa parte sobre eletricidade, aprende-se, por meio de bugigangas, o funcionamento de motores e pilhas. Até mesmo matérias mais complexas, como os mecanismos dos reatores nucleares, recebem tratamento lúdico: nesse caso, um painel permite que os visitantes “quebrem átomos” em projeção de imagens. No trajeto final, há informações sobre o consumo do corpo humano, dos eletrodomésticos e das grandes metrópoles. Com direção de criação e arte de Ary Perez, a cenografia é impecável. A criançada fica entusiasmada em todo o longo percurso, seja na linha do tempo que acende conforme os passos, seja quando seus cabelos se arrepiam, devido à eletricidade estática, ao encostar as mãos no gerador de Van der Graaf. Vale reservar pelo menos uma hora para brincar, ler e ver tudo. Até 18/03/2012.
    Saiba mais
  • Trata-se de mais uma adaptação da obra do francês Julio Verne montada pela Cia. Solas de Vento. Na Inglaterra, Mr. Fog (Ricardo Rodrigues) pretende atravessar o mundo em um prazo apertadíssimo. Para isso, encarrega seu ajudante francês, Passepartout (o ótimo Bruno Rudolf), de providenciar os meios de transporte. Com sucatas e outros itens, ele cria no chão um trem para dar início à aventura. A grande sacada do espetáculo, dirigido por Carla Candiotto, da premiada Cia. Le Plat du Jour, é colocar uma câmera no teto para captar os movimentos dos atores deitados e projetá-los num telão no fundo do palco. As quinquilharias ainda dão forma a embarcações, montanhas e até um elefante, enquanto os aventureiros percorrem Itália, Egito, Índia, China, Japão e Estados Unidos desviando-se das armadilhas do vilão, Mr. Fix (também interpretado por Ricardo Rodrigues). Recomendado a partir de 5 anos. Estreou em 16/7/2011. Até 3/4/2016.
    Saiba mais
  • Resenha por Tatiane Rosset: Cantigas conhecidíssimas como Ó Ciranda, Ó Cirandinha, Sapo Cururu, Terezinha de Jesus e O Cravo Brigou com a Rosa integram Guia Prático, uma coletânea com 137 arranjos criados por Heitor Villa-Lobos (1887-1959) na década de 30. Esses e outros temas compõem o repertório de vinte músicas deste encantador espetáculo. No palco, Viviane Godoy (piano), Klayber Varela (clarinete e flauta), Daniel Rocha (violão e cavaquinho) e Silvana Razzante (fagote) se unem aos atores-cantores Ricardo Monastero, Julia Duarte, Fábio Saltini e a atriz mirim Izabely Tomazi para interpretar as canções. Saltini assume a tarefa de animar a plateia com brincadeiras. Em A Canoa Virou, ele faz uma dobradura de papel. Quando começam Escravos de Jó e Sambalelê, a criançada participa de um divertido jogo de bater palmas. Estreou em 13/08/2011. Prorrogado até 16/06/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO