agenda

Cineasta François Truffaut será tema de exposição no MIS

Universo criativo do diretor francês, autor de Jules e Jim, será exibido no museu a partir de julho

Por: Laura Ming - Atualizado em

Retrospectiva François Truffaut - A noite americana
'A Noite Americana': Jacqueline Bisset é uma das estrelas da fita de 1973, dirigida por Truffaut (Foto: Divulgação)

A partir de julho, o MIS apresentará uma grande exposição dedicada ao cineasta francês François Truffaut (1932-1984). A montagem vai celebrar os trinta anos da morte do autor de Os Incompreendidos e Jules e Jim, entre outros filmes.

O público poderá assistir a trechos de longas-metragens e a entrevistas, além de ver desenhos, fotografias, livros, roteiros com anotações do diretor e até figurinos originais. Como na mostra de Stanley Kubrick, os objetos serão cedidos pela Cinemateca Francesa e receberão uma cenografia desenvolvida especialmente pelo MIS.

+ Claudia Jaguaribe fotografa lares paulistanos

+Casablanca e outros cinco clássicos serão reprisados na rede Cinemark

Para apresentar seu universo criativo, serão exibidas referências que vão além do cinema, como elementos de sua infância em Paris, sua participação na revista Cahiers du Cinéma e o livro de entrevistas que fez com o diretor inglês Alfred Hitchcock. Completa a exposição uma programação paralela de filmes no Caixa Belas Artes.

Ao lado de nomes como Alain Resnais, Claude Chabrol e Jean-Luc Godard, Truffaut foi um dos fundadores da Nouvelle Vague, movimento surgido no final da década de 50 que repensou a linguagem cinematográfica, dando tom mais realista às produções. Morreu aos 52 anos em outubro de 1984, após dirigir 26 filmes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO