Tempo

Fortes chuvas causam oito pontos de alagamento, derrubam árvores e arrastam carros

Avenida Roque Petroni Júnior é a mais afetada. Água já recua na maior parte da cidade

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

carros vila madalena
Carros ficaram empilhados na Rua Harmonia, na Vila Madalena (Zona Oeste), após alagamento (Foto: Danilo Vespa / Folhapress)

O começo da tarde em São Paulo registrou fortes chuvas. A primeira área atingida foi a Zona Oeste. A região central e a Zona Norte, principalmente Casa Verde e Limão, apresentaram os maiores índices. Na Vila Madalena, um carro que estava estacionado na Rua Aspicuelta foi arrastado e acabou empilhado sobre outro veículo na Rua Harmonia.

+ Suspeito de abusar de mulher em trem da CPTM é preso 

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), Avenida Francisco Matarazzo, altura da Avenida Pompeia, Praça Luiz Carlos Mesquita, perto da Avenida Antártica, e Praça Marrey Junior permanecem intransitáveis em ambos os sentidos. Na Rua Turiassu, ao lado da Avenida Sumaré, sentido bairro, também não se passa.

A Rua Guararapes, altura da Avenida Engheiro Luís Carlos Berrini, Rua Estados Unidos, perto da Alameda Ministro Rocha Azevedo, Avenida Alcântara Machado, no Viaduto do Glicério, sentido centro, e Avenida Roque Petroni Junior, altura da Rua Cancioneiro Popular, já têm índices mais baixos e permitem passagem. 

+ Complexo Cultural Luz não tem mais prazo para ser entregue 

Além de alagamentos, uma árvore permanece caída na Rua Alberto Seabra, em Pinheiros. Na Avenida Queiróz Filho, todos os faróis marcavam sinais vermelho e amarelo estáticos. A Rua Belmonte também apresentava exemplares em amarelo piscante, próximo à saída para a Rua Brigadeiro Gavião Peixoto. 

Árvore caída - Rua Alberto Seabra, Pinheiros
Chuvas do início da tarde derrubaram a copa da árvore na Rua Alberto Seabra, em Pinheiros (Foto: Marcelo Ventura)

Fonte: VEJA SÃO PAULO