Mistérios da Cidade

Fórmula Indy causa transtornos na cidade

Corrida realizada na segunda (2) resultou em congestionamento na Marginal Tietê

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Dirceu Alves Jr., Isabella Villalba, Gustavo Simon e Mariana Barros]

Fórmula Indy Marginal Tietê 2216
Bandeira amarela: 26 bólidos de Fórmula Indy e trânsito de 115 quilômetros (Foto: Luis Carlos Murauskas)

Segunda (2), 9h30 da manhã. Na pista local da Marginal Tietê, 26 bólidos rasgam o asfalto a 200 quilômetros por hora. Ao lado, na pista expressa, mais de 10.000 carros formam uma fila de 9 quilômetros se arrastando a 20 quilômetros por hora. Adiada por causa da chuva de domingo, a etapa brasileira da Fórmula Indy foi finalizada com um dia de atraso diante de 5.550 pessoas — pouco, pelo transtorno causado na cidade, que registrava 115 quilômetros de congestionamento no horário.

No total, foram vendidos 41.230 ingressos (contra 72.631 no GP de Fórmula 1 do ano passado). Uma equipe da Indy gasta por ano, em média, 20% do orçamento de um time da F1. Entre os brasileiros, o mais bem colocado na prova foi Vitor Meira, em 17º. Na sequência, vieram Helio Castroneves (21º), Tony Kanaan (22º), Bia Figueiredo (24º) e Raphael Matos (25º).

Fonte: VEJA SÃO PAULO