Mistérios da Cidade

Flores da Avenida Paulista são regadas três vezes por semana

Por: Edison Veiga [Filipe Vilicic] - Atualizado em

Três vezes por semana, por volta de 1h30 da madrugada, um caminhão-pipa circula pela Avenida Paulista com três funcionários da prefeitura. Em uma operação que custa 1 320 reais por mês aos cofres públicos, a missão deles é regar os 2560 vasos das 39 floreiras que, desde 2003, enfeitam a avenida. A cada dois meses, as flores são trocadas – ao preço de 15000 reais, pagos pela SPTuris. Até o início de 2006, o trabalho era feito pela Associação Paulista Viva (que regava as flores todas as madrugadas e as trocava a cada 24 dias). A despesa era bancada por patrocinadores. Quando rescindiu o termo que autorizava o uso de banners publicitários abaixo das floreiras, a administração municipal assumiu o serviço.

Fonte: VEJA SÃO PAULO