Aviação

Início de inspeção mais rígida causa filas em Congonhas

Novas medidas incluem revista em passageiros de voos nacionais e restringem notebooks na bagagem de mão

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

congonhas-fila-embarque-fiscalização
Companhias aéreas recomendam chegar com uma hora e meia de antecedência (Foto: Marivaldo Oliveira/Estadão Conteúdo)

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) iniciou nesta segunda-feira (18) novos procedimentos de segurança em voos domésticos em todos os aeroportos, o que causou filas no embarque em Congonhas pela manhã. A partir de agora quem viajar dentro do país também será submetido a revista ou uso de escâner corporal.

+Incêndio em favela fecha pista local da Marginal Tietê

Em Congonhas, passageiros recorreram às redes sociais para reclamar das longas filas para passar pela inspeção. Até as 9 horas desta segunda a Infraero registrou cinco decolagens atrasadas no aeroporto em São Paulo, mas não confirmou se são reflexo da demora para entrar nas salas de embarque.  

De acordo com a Infaero, era esperado aumento das filas para passar pela fiscalização nesses primeiros dias. Para evitar transtornos, as companhias aéreas recomendam que os passageiros de voos nacionais cheguem com uma hora e meia de antecedência.

Com as novas medidas o embarque de notebooks em voos domésticos terá alterações. Os agentes foram orientados a retirar esses equipamentos da bagagem de mão para passar na inspeção. 

Segundo a Anac, as mudanças foram implementadas porque fazem parte da atualização das medidas de segurança na aviação civil e nega que foram motivadas pelas Olimpíadas, quando irá aumentar o fluxo de passageiros no país. 

+Fique por dentro do que acontece na cidade

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO