Corrupção

Fiscal da prefeitura ganha 4000 reais, mas vive como milionário

Roberto de Faria Torres já foi flagrado pedindo propina e comprou dezenove imóveis em cinco anos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Uma vida de luxo com um salário de 4 000 reais. Quem consegue a façanha é o engenheiro Roberto de Faria Torres, da Prefeitura de São Paulo. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, apesar do pagamento mensal modesto, ele vive em uma casa de três andares, com 23 cômodos, onze banheiros, sete suítes, duas cozinhas, uma sala de sinuca, piscina e garagem para doze carros. E ele ocupa bem as vagas. Estaciona ali nove automóveis antigos, incluindo um Camaro branco conversível de 1967, avaliado em 350 000 reais.

+Mansão de Edemar Cid Ferreira vira cenário de série da Globo e deve ser leiloada em 2015

+Preços de metrô e trem não terão reajustes até janeiro

Roberto de Faria Torres é servidor concursado desde 2006 e em seu trabalho fiscaliza postos de gasolina e casas noturnas. Ele começou a ser investigado pelo Ministério Público após ser flagrado pedindo 15 000 reais a um comerciante em troca de um documento que o tiraria da CPI dos Alvarás. As imagens foram transmitidas no Fantástico, da TV Globo.

O jornal também afirma que em cinco anos o fiscal comprou dezenove imóveis entre apartamentos de alto padrão, vagas em edifícios-garagem e espaços em prédios comerciais.

A defesa de Roberto de Faria Torres diz que o crescimento do patrimônio e a vida boa vêm de heranças e sociedade com familiares.

Fonte: VEJA SÃO PAULO