Cinema

Cinco filmes em cartaz mostram três continentes diferentes

Habi, a Estrangeira, Blue Jasmine e Jovem & Bela são algumas das opções para viajar na sala de cinema

Por: Miguel Barbieri

Habi, a Estrangeira
Habi, a Estrangeira: Filme argentino narra a história de Anália, uma garota que finge ser mulçumana para ingressar numa comunidade islâmica.  (Foto: Divulgação)

O lugar comum "viajar sem saír do sofa" nunca fez tanto sentido: é possível encontrar cinco filmes em cartaz na cidade que mostram três continentes diferentes. Desta vez, no entanto, o sofá é trocado pela sala de cinema. Confira as opções:

Habi, a Estrangeira

Analía (Martina Juncadella) mora numacidade do interior da Argentina, mas é em Buenos Aires que ela acaba encontrando uma maneira de se renovar. A jovem finge ser muçulmana para ingressar numa comunidade islâmica. O drama continua no Espaço Itaú 5.

Blue Jasmine
Blue Jasmine: rodada em São Francisco, na Califórnia, o filme do diretor Woody Allen evita mostrar cartões postais da cidade. (Foto: Divulgação)

Blue Jasmine

Desde meados dos anos 2000, Woody Allen tem trocado sua Nova York natal para flmarem outros cantos do mundo. Embora São Francisco, na Califórnia, seja o palco desta comédia dramática, o diretor evita rodar em cartões-postais. Sucesso de público, a fita resiste em dezesseis salas. 

Trem Noturno Para Lisboa
Trem Noturno Para Lisboa: o personagem de Jeremy Irons vai atrás de um escritor na capital de Portugal (Foto: Divulgação)

Trem Noturno Para Lisboa

O personagem de Jeremy Irons mora em Berna, na Suíça, mas, como aponta o título do flme, vai à capital de Portugal atrás de um escritor. As ladeiras de Lisboa e um passeio de barco pelo Rio Tejo são alguns dos pontos marcantes. A fita permanece em seis cinemas.

Jovem & Bela
(Foto: Divulgação)

Jovem & Bela

Embora a fita francesa tenha início numa praia da Côte d’Azur, o restante da trama sepassa em Paris. É na capital do país que a jovemde 17 anos (papel de Marine Vacth) decide ganhar dinheiro vendendo seu corpo para homens em hotéis. Cartaz do Espaço Itaú 4, Frei Caneca 8 e Reserva Cultural 4.

Última Viagem à Vegas
O filme com elenco estrelar conta a história de quatro amigos de infância que se reencontram em Las Vegas para a despedida de solteiro de um deles (Foto: Divulgação)

Última Viagem à Vegas

Quatro amigos de infância se reencontram em Las Vegas para a despedida de solteiro de um deles. Muito bem aproveitada, a cidade dos cassinos surge em cenas internas nos hotéis e em tomadas nas ruas repletasde letreiros de neon. A comédia é lançamento de 36 complexos.

  • A argentina Analía (Martina Juncadella) tem 20 anos e um olhar disperso no tempo. Seu trabalho consiste em fazer entregas de artesanato para sua mãe, e, ao chegar a Buenos Aires, ela perde literalmente o rumo e vai parar num bairro de muçulmanos. Encantada com o que vê e ouve, a garota resolve se hospedar numa decadente e barulhenta pensão familiar e permanecer mais um dia por lá. Procura, a seguir, um centro comunitário para se informar sobre o islamismo. A partir daí, Analía decide, entre a ingênua brincadeira e o interesse real, se passar por Habi, uma descendente de árabes. Arranja um bico num mercadinho e fica encantada com a gentileza de um garçom (Martin Slipak). Analía/Habi começa a se sentir parte desse mundo novo. Cobre os cabelos, usa túnicas longas e tenta se adaptar aos reservados costumes. A diretora e roteirista María Florencia Álvarez, em seu primeiro longa-metragem, traz uma história de olhares curiosos de alguém querendo se enquadrar na sociedade. Muitas vezes sozinha em cena, Martina Juncadella mostra uma espantosa facilidade para seduzir o espectador pela fragilidade não apenas física, mas também emocional. Estreou em 15/11/2013.
    Saiba mais
  • Cate Blanchett teve sua atuação formidável recompensada com o Oscar de melhor atriz. Ela interpreta a Jasmine do título, uma mulher que se casou com um investidor rico de Nova York (papel de Alec Baldwin) e levava um dia a dia de compras em lojas de grife. Quando a comédia dramática se inicia, Jasmine está chegando a São Francisco para passar uma longa temporada na casa da irmã, Ginger (papel de Sally Haw kins, que concorreu a melhor atriz coadjuvante). O mundo da socialite desabou. Para explicar como Jasmine perdeu tudo, Allen recorre a fashbacks em seu roteiro original, que também concorreu ao Oscar. Estreou em 15/11/2013.
    Saiba mais
  • Bille August (de A Casa dos Espíritos), diretor do drama, é dinamarquês. Embora a trama se passe em Portugal, todos os atores falam inglês, inclusive figurantes. Jeremy Irons, britânico, interpreta Raimund Gregorius, um professor universitário... suíço. Ao salvar uma moça do suicídio em Berna, encontra no bolso do casaco dela um livro e uma passagem para Lisboa. Inspirado pela delicadeza do texto, decide ir atrás de seu autor. Lá, Gregorius depara com mistérios sobre o escritor Amadeu de Prado (Jack Huston), morto em 1974, ano da Revolução dos Cravos. Ele era um médico na ditadura de Salazar, envolveu-se com militantes e se apaixonou pela namorada (a francesa Mélanie Laurent) do melhor amigo (o alemão August Diehl). Um enredo passional pedia uma realização de alta voltagem política e romântica. No entanto, o estilo gélido de condução fica ainda mais comprometido por um elenco multinacional que não acrescenta veracidade aos personagens. Estreou em 29/11/2013.
    Saiba mais
  • Diretor francês, François Ozon tem uma carreira de formidáveis longas-metragens, a exemplo de Sob a Areia, O Tempo que Resta e Ricky. Seu novo trabalho, embora um pouco inferior aos anteriores, possui um ponto de partida polêmico e um desenrolar sem julgamento moral. No drama, Isabelle (Marine Vacth) completa 17 anos na companhia dos pais e do irmão caçula numa casa de praia. Um turista alemão, por quem a menina se encantou, a convence a perder a virgindade. Isabelle curte o momento, porém sem nenhum prazer. Na volta a Paris, a moça toma uma decisão e, sem medir as consequências, vira garota de programa. Encontra-se com homens casados em hotéis e começa a faturar uns bons euros. Até o dia em que a combinação de diversão e grana vira um pesadelo. Estreou em 22/11/2013.
    Saiba mais
  • Os quatro vencedores do Oscar: Kevin Kline (Um Peixe Chamado Wanda), Robert De Niro (Touro Indomável), Michael Douglas (Wall Street) e Morgan Freeman (Menina de Ouro). Por reunir um talentoso e premiado quarteto, esperava-se algo melhor desta anêmica comédia. Desde as primeiras cenas com os astros, dá para notar a mesmice na estereotipada apresentação dos personagens. Amigos desde a infância, eles envelheceram e moram em cidades distintas. Mais bem-sucedido do grupo, o empresário Billy (Douglas) ainda está solteiro, mas vai se casar com uma mulher que tem idade para ser sua filha. A fim de comemorar a união, convida seus três companheiros para uma despedida de solteiro em Las Vegas. Conservadora e muitas vezes previsível, a trama acena com um desfecho melodramático para encerrar com lagriminhas a “sessão da tarde” da terceira idade. Estreou em 6/12/2013.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO