Música

Os filhos dos sertanejos que também querem seguir carreira musical

Descendentes de Zezé di Camargo, Luciano, Chitãozinho, Giovani e Almir Sater se espelham nos pais e se arriscam no mundo da música

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Filho de peixe, peixinho é? No mundo da música sertaneja, não são poucos os filhos de astros do gênero que também se arriscam na carreira musical. Que o digam Sandy, Júnior, Wanessa e a dupla Pedro e Thiago.

+ Harry Styles ajuda fã a pedir namorada em casamento durante show do One Direction

Todos os citados, entretanto, já são velhos conhecidos do público e, em diferentes proporções, conseguiram a sua parcela do sucesso. Uma nova safra de herdeiros musicais começa a também tentar trilhar o caminho do sucesso. Conheça alguns deles.

Nathan Philippe

A música sertaneja está no sangue de Nathan Phillipe tanto por parte de mãe quanto por parte de pai. Ele é filho de Luciano, da dupla Zezé di Camargo e Luciano, e filho de Mariana Costa, irmã de Leandro e Leonardo. Aos 23 anos, ele lançou neste ano o EP Dáblio e Phillipe, com o cantor Dáblio Moreira. Como o pai, Nathan também é o responsável pela segunda voz da dupla. Detalhe: Dáblio interpretou Zezé di Camargo no filme Dois Filhos de Francisco (2005).

Pedro e Marcelo

Marcelo, 18 anos, é filho de Giovani, que canta com o irmão Gian, e formou neste ano a dupla Pedro e Marcelo. O rapaz já havia trabalhado com o cantor Eduardo, mas os dois se separaram no ano passado para que o então parceiro pudesse seguir com os estudos. Com Pedro, ele lançou o CD Desejos, com dez canções, entre elas a faixa-título, cujo vídeo você pode assistir no link acima. Marcelo é o que veste calça branca no registro, mas a voz dele é tão parecida com a do pai que é fácil reconhecê-lo.

Yago Silva/Vitor e Vitória

Yago Silva é o filho mais velho do cantor Edson, da dupla com Hudson. Aos 17 anos ele se prepara para o lançamento do disco de estreia, mas já é possível ouvi-lo cantando tanto pelo seu canal no YouTube quanto em sua página no Facebook. Vitor e Vitória, os dois filhos do primeiro casamento de Edson, também se aventuraram na música desde crianças, no melhor estilo Sandy e Júnior. Os dois seguem cantando ocasionalmente juntos, mas até hoje só lançaram um clipe. O vídeo foi feito para a música Coisas Lindas do Amor, em 2010.

Gabriel Sater

Aos 32 anos, Gabriel Sater leva o sobrenome do pai famoso, Almir, um dos mais populares nomes da música caipira brasileira. Gabriel começou a carreira musical aos 19 anos e já lançou três discos: Gabriel Sater Instrumental (2006), A Essência do Amanhecer (2009), Indomável (2014). Ao contrário dos anteriores, Gabriel não pendeu para o sertanejo universitário e deu preferência à uma sonoridade muito parecida à da música do pai, privilegiando os arranjos bem trabalhados na viola. Neste ano, ele também interpretou o personagem Viramundo, na novela global Meu Pedacinho de Chão.

Aline Lima

Aos 30 anos, a filha de Chitãozinho e prima de Sandy decidiu dar início à carreira musical. Até então figura frequente em rodeios pelo Brasil, competindo na categoria dos três tambores ou participando apenas como comentarista, ela lançou a primeira música no início do ano. O clipe de Papo Barato (acima) saiu em junho.

Igor Ci

Completamente fora do circuito sertanejo, o caçula de Zezé di Camargo optou pela música eletrônica. Aos 19 anos, ele é DJ residente do Royal Club, na Vila Olímpia, e toca em diversas boates e festas pelo Brasil.

Fonte: VEJA SÃO PAULO