Cidade

Filho do ex-governador Alberto Goldman atropela e mata policial civil

Cláudio Goldman foi levado à delegacia e liberado. Ele responderá por homicídio culposo

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

O cantor Cláudio Goldman, de 51 anos, filho do ex-governador Alberto Goldman, atropelou e matou um policial civil que estava a caminho do trabalho na tarde de segunda-feira (27). O escrivão André Silva de Carvalho, de 36 anos, seguia para o 89º Distrito Policial quando ocorreu o acidente.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, por volta das 17h30 o policial estava em sua moto Kawasaki/Ninja na Avenida Francisco Morato, na Zona Oeste, quando foi atingido pelo Astra de Goldman. Segundo testemunhas, o cantor desobedeceu a sinalização e realizou uma conversão à esquerda sem se dar conta dos veículos que vinham no sentido contrário.

Claudio Goldman
Cláudio Goldman: músico é o primogênito do ex-governador Alberto Goldman (Foto: Fernando Moraes)

O resgate foi chamado para socorrer a vítima, mas o escrivão já estava morto. O motorista permaneceu no local até a chegada do resgate, foi levado para a delegacia e depois liberado. O caso foi registrado como homicídio culposo. Procurado pela reportagem, Cláudio Goldman não quis comentar o acidente.

Fonte: VEJA SÃO PAULO