restaurantes

Onze lugares para comer filé à parmigiana

Conheça casas que servem um dos pratos prediletos dos paulistanos

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resultado da influência italiana em nossa cozinha, o filé à parmigiana pode ser encontrado nos restaurantes da cidade em versões tradicionais e outras mais incrementadas. Selecionamos os melhores lugares para comer o prato.

+ Onde experimentar paletas mexicanas, os picolés gigantes

+ Descubra 25 motivos para amar o Ipiranga

Alimentaria

No restaurante, o filé-mignon é batido até ficar bem fininho. Depois, é empanado na farinha de rosca. Já frita, a carne é colocada na bandeja com o molho ao sugo da casa, coberta com mussarela e salpicada com parmesão. Depois de dourar no forno, chega à mesa por 58 reais. Acompanha uma escolha do cliente, que pode ser arroz, salada, batata frita ou as massas da casa. 

Aguzzo Cucina e Vino

O filé-mignon é passado em sêmola italiana e em ovos para ser empanado. Depois de dourado na manteiga, é coberto com queijo grana padano e levado ao forno até gratinar. O molho de tomate, preparado com vinho branco e manjericão, é despejado no bife logo em seguida. Acompanha nhoque com molho de manteiga e sálvia ou espaguete. Em porção individual, paga-se 81 reais.

Aguzzo tem parmigiana com farinha de pão caseiro
Aguzzo Cucina e Vino: filé à parmigiana (Foto: Veja São Paulo)

Bar do Alemão

Trata-se da receita mais pedida do restaurante. O filé leva queijo prato após ser frito. O molho de tomate, feito no local e apurado por quatro horas até ficar no ponto, vai para a estufa na companhia de mais queijo, dessa vez parmesão. Depois de grelhado, chega à mesa com arroz branco e batata frita cortada em gomos gordinhos. A porção individual custa 67 reais. Há também no cardápio uma apetitosa versão de berinjela.

Cantina do Piero

À moda ítalo-brasileira, a cantina oferece uma versão simples, mas não menos apetitosa. O molho ao sugo feito com tomates frescos é jogado por cima do filé-mignon empanado e frito, que ganha também queijo parmesão. Acompanha porção de batatas fritas e arroz branco. O prato para duas pessoas custa 102,60 reais. 

+ Teste do hashi: os melhores rodízios de comida japonesa

Caverna Bugre

Nesse restaurante, além da versão com filé-mignon, há mais três opções do prato: lombo, filé de pescada e frango, todos preparados da mesma maneira. Após empanada e frita, a carne recebe uma porção de catupiry. O molho de tomate vem em seguida, seguido de provolone. Levado ao forno por alguns instantes, chega ao cliente acompanhado de arroz branco. Para duas pessoas, o prato sai por 94,40 reais. 

Don Pepe di Napoli

Um dos pratos mais pedidos da cantina, o parmigiana do Don Pepe segue a linha tradicional: o filé-mignon é passado na farinha de rosca, é frito e recebe o molho ao sugo feito no local. No forno, a mussarela derrete e chega no ponto à mesa do cliente. Para duas pessoas, o prato custa 98 reais.

Famiglia Mancini

Na cantina de Walter Mancini, o bife empanado em farinhas de rosca e trigo é frito antes de receber o molho ao sugo, preparado artesanalmente. Em seguida, as fatias de mussarela são distribuídas sobre o filé, que vai ao forno até que se derreta todo o queijo. Para acompanhar, o cliente pode escolher entre arroz com batatas fritas ou espaguete - com mais molho ao sugo. A porção para até três pessoas sai por 157 reais.

Jardim de Napoli

Além do polpettone, o filé à parmigiana também faz sucesso no tradicional restaurante de Higienópolis. A carne vem coberta de molho de tomate feito no local e com cobertura de parmesão ralado. Custa 60 reais e serve duas pessoas.

Maremonti Trattoria & Pizza
Maremonti: o filé à parmigiana para três pessoas (Foto: Divulgação)

Maremonti 

não, não são as pizzas as únicas pedidas compartilháveis da Maremonti. Nascida pizzaria, a rede assume de vez sua faceta cantina chique ao fazer as receitas em versões para até três pessoas. É o caso do filé à parmigiana (R$ 119,00) guarnecido de fritas e arroz. 

Nico Pasta & Basta

No restaurante, o pão de forma torrado e ralado em pedacinhos empana o filé-mignon de 150 gramas. Após ser frito, é regado com molho de tomate ao sugo puxado no alho e finalizado com manjericão. Mussarela e parmesão vão por cima. Depois de gratinada, a carne é levada à mesa na companhia de batata sautée. A porção custa 63 reais. 

Roperto

Aqui, o parmigiana é preparado da maneira tradicional. O filé-mignon empanado e frito recebe molho ao sugo da casa mais parmesão. Depois do forno, com o queijo gratinado e o molho fumegante, arroz e fritas acompanham a receita. Para até três pessoas, o prato sai por 110 reais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO