Na Fiesp

Festival Internacional de Linguagem Eletrônica começa nesta terça (19)

Décima segunda edição do evento traz atrações como um simulador de tornado e um novo tipo de Guitar Hero

Por: Anna Carolina Oliveira - Atualizado em

FILE 2011 - Nemo Observatorium
Nemo Observatorium: uma das atrações do festival (Foto: Divulgação)

Palco de tecnologia e diferentes mídias, a 12ª edição do FILE — Festival Internacional de Linguagem Eletrônica chega novamente a São Paulo. O evento começa na próxima terça (19) e vai até 21 de agosto, no Centro Cultural Fiesp — Ruth Cardoso.

Exposições, performances e workshop também poderão ser conferidas em outros espaços: Galeria de Arte do SESI, Teatro do SESI-SP e Mezanino do Centro Cultural, na Avenida Paulista. A entrada é gratuita.

A atração Nemo Observatorium, que simula a experiência sensorial de um tornado, é um dos destaques desta edição. O body hack, jogo de karaokê no qual os participantes imitam celebridades, e o Euphorie, espécie de Guitar Hero no qual os instrumentos são substituídos por neon, também prometem fazer sucesso entre o público.

Paralelo ao festival, acontece o FILE Hipersônica, evento experimental de sonoridade eletrônica que utiliza ferramentas digitais contemporâneas. A programação dura quatro noites, durantes as quais sete artistas brasileiros e estrangeiros fazem suas apresentações sempre às 20h.

Confira abaixo a agenda do FILE Hispersônica:

DIA 19 (terça)

Alfredo Cinameo (Holanda) e Euphorie (frança)

DIA 20 (quarta)

Nicolas Maigret (França) e André Rangel (Portugal)

DIA 21 (quinta)

Eduardo Patrício (Brasil) e Eduardo Nespoli (Brasil)

DIA 22 (sexta)

Giuliano Obici (Brasil)

Fonte: VEJA SÃO PAULO