É grátis

Ciclo de filmes exibe longas do Festival de Veneza

A Bela que Dorme, È Stato Il Figlio e Un Giorno Speciale, que concorreram ao Leão de Ouro, são destaques na seleção

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

A Bela que Dorme
'A Bela que Dorme', de Marco Bellocchio: a atriz Isabelle Huppert em trama sobre eutanásia (Foto: Divulgação)

Uma seleção de filmes italianos que foram apresentados na edição mais recente do Festival de Veneza será exibida a partir de sexta (9) no Cine Livraria Cultura 1 e no Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9, com acesso grátis.

Em sua oitava edição, a mostra Venezia Cinema traz seis longas-metragens a um circuito formado por cinco cidades. Curitiba, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro também recebem o evento.

Confira abaixo os longas da programação e clique aqui para o serviço completo da mostra:

A BELA QUE DORME (Bella Addormentata, 115min), de Marco Bellocchio – O diretor de Vincere (2009) volta à cena com um drama que, ao acompanhar uma série de personagens, traz à tona argumentos diversos sobre a questão da eutanásia. Vencedor do prêmio da crítica na Mostra de São Paulo deste ano. Sexta (9), 19h, Cine Livraria Cultura 1; sábado (10), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

È Stato il Figlio
'È Stato il Figlio': uma família em reconstrução (Foto: Divulgação)

È STATO IL FIGLIO (90min), de Daniele Cipri – O longa de Daniele, que trabalhou como diretor de fotografia em A Bela que Dorme, é um drama sobre uma família que tenta sobreviver a uma tragédia. Competiu em Veneza. Segunda (12), 19h, Cine Livraria Cultura 1; terça (13), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

Un Giorno Speciale
'Un Giorno Speciale': encontro improvável entre dois jovens (Foto: Divulgação)

UN GIORNO SPECIALE (90min), de Francesca Comencini –  Inspirado em um romance de Claudio Bigagli, o longa da cineasta saiu sem prêmios da disputa oficial da mostra italiana. O enredo mostra um dia importante na vida de dois jovens. Ela, uma atriz que sonha em entrar no mundo do espetáculo. Ele, o taxista que a leva ao encontro. Domingo (11), 19h, Cine Livraria Cultura 1; segunda (12), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

L'Intervallo
'L'Intervallo': dois adolescentes confinados (Foto: Divulgação)

L’INTERVALLO (86min), de Leonardo Di Costanzo – Lançado na principal mostra paralela de Veneza, a Horizontes, o longa recebeu seis prêmios – entre eles, o de favorito da crítica. O diretor narra uma história quase minimalista: em prédio antigo, um rapaz deve vigiar uma moça. Com o passar do tempo, a relação hostil entre os dois dá lugar a momentos de intimidade e afeto. Quarta (14), 19h, Cine Livraria Cultura 1; sexta (9), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

Gli Equilibristi
'Gli Equilibristi': a crise de um quarentão (Foto: Divulgação)

GLI EQUILIBRISTI (100min), de Ivano de Matteo – Giulio tem uma vida estável, com um bom emprego, dois filhos e uma esposa que o ama. Mas, quando sua mulher descobre que ele tem uma amante, o mundo encantado do quarentão desaba. Pelo papel principal, o ator Valério Mastandrea ganhou um prêmio paralelo em Veneza. Terça (13), 19h, Cine Livraria Cultura 1; quarta (14), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

Roma, Ore 11
'Roma, Ore 11': clássico em cópia restaurada (Foto: Divulgação)

ROMA, ORE 11 (105min), de Santis Itália – Produzido em 1952 e considerado um dos grandes filmes do neo-realismo italiano, foi exibido em cópia restaurada em dos eventos de abertura do Festival de Veneza deste ano. A narrativa mostra as dificuldades de duzentas garotas que, numa Itália assombrada pelo desemprego, disputam um cargo de datilógrafa. Sábado (10), 19h, Cine Livraria Cultura 1; domingo (11), 19h, Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 9

Fonte: VEJA SÃO PAULO