Languedoc-Roussillon

Festival promove culinária e vinhos do Sul da França

O restaurante Le Repas, em Pinheiros, sediará a abertura do evento. Até o dia 15, outras casas e importadoras oferecem receitas e rótulos da região

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

De quarta (2) até o dia 15 de outubro, ocorre a terceira edição brasileira do Festival Sud de France. Presente também em outros seis países, entre eles China, Alemanha e Inglaterra, o evento é uma iniciativa de entidade Sud de France, que representa a região francesa de Languedoc-Roussillon.  

Para promover a enogastronomia local, importadoras e restaurantes de cada cidade participante oferecem descontos em rótulos de vinho, pratos especiais e menus harmonizados, entre outras ações.  

Em São Paulo, o Le Repas, em Pinheiros, sediará a abertura dessa temporada. A partir das 19h da própria quarta (2), haverá uma degustação de pratos em tamanho míni com vinhos típicos da região por R$ 65,00. Nos demais dias, o cardápio contempla salada com queijo brie aquecido (R$ 20,00 como entrada) e cassoulet feito com coxa de pato, linguiça portuguesa e carne de cordeiro no feijão-branco (R$ 52,00).

Confira abaixo o menu especial que cada restaurante participante preparou:

L’Aperô Bar & Bistrot: o cardápio (R$ 50,00 por pessoa) é composto de torta de tomate com mostarda; peixe branco mais lula grelhada, legumes cozidos e molho aïoli; e morango com merengue. Inclui ainda uma taça de vinho tinto, branco ou rosé, a escolha do cliente.

Eau French Grill: oferece um menu fechado por R$ 90,00 com direito a uma taça de vinho do sul da França, couvert e petit fours. Inclui torta de cebola e peixinhos, berinjela, azeitonas, pimentão e manjericão; copa lombo suína assada, batata, figo e alecrim ou peixe do dia mais arroz negro frito, cebolinha e uvas; e torta de limão-siciliano merengue, abóbora e pistache.

L’Amitié: custa R$ 95,00 por pessoa a seleção de receitas do chef Yann Corderon. O couvert contempla pastas de salmão com páprica e de ricota com manjericão, manteiga tradicional francesa, cesta de pães fatiados e azeite. Em sequência, chegam à mesa uma salada de folhas com queijo de cabra empanado no gergelim, um cozido de músculo bovino ao molho de vinho tinto mais tomates frescos, azeitonas verdes e azeite trufado, e um doce de pêssego cozido com calda de frutas vermelhas, sorvete de creme, amêndoas em lascas e chantili. Um café expresso está incluso no preço.           

Le French Bazar: durante o festival, oferece três opções de prato principal mais uma garraga de vinho por R$ 130,00. O confit de pato guarnecido de risoto de grãos e cogumelos é harmonizado com o tinto Château Villerambert-Julien Opéra 2008 e o filé-mignon à bordelaise na companhia de batata assada em lâminas é servido junto do Château Arrogant Frog Tutti Frutti Rouge 2010. Já a sugestão para acompanhar o tamboril com amêndoas na manteiga noisette mais purê de batata é um rótulo branco.

La Jazz Brasserie: as sugestões são o queijo camembert empanado, servido quente com mel,  pimenta-do-reino e torradas (R$ 33,00), como entrada; o peito de pato grelhado com pêras e redução de balsâmico mais purê de batatas e espinafre (R$ 50,50), de prato principal; e, no arremate, o tradicional creme brûlé (R$ 14,50). O vinho Le Loup dans la Bergerie 2011 (R$ 92,00) pode acompanhar.

Le Repas: servidos à la carte, aparecem a salada com queijo brie sobre brioche mais geleia de damasco, amêndoas torradas e mel de vinho tinto (R$ 20,00, como entrada, e R$ 35,00, como prato principal); a brandade de bacalhau com salada e pão (R$ 42,00); e o cassoulet (R$ 52,00) feito com coxa de pato, linguiça portuguesa e carne de cordeiro no feijão-branco.

Festival Sud de France - Le Vin
Le Vin: cassoulet tradicional (Foto: Divulgação)

Le Vin Bistrô: em todas as unidades (Jardins, Itaim Bibi e Higienopolis) prova-se um menu composto de ostras gratinadas (meia dúzia), cassoulet tradicional e um doce da pâtisserie a escolha do cliente por R$ 88,00. Para embalar, oferece vinhos em taça ou em garrafa.

Prestíssimo: como entrada, sugere a crostata de javali (R$ 29,00). Na sequência, é possível escolher entre a pizza torre eiffel, à base de  queijo reblochon, tomate-cereja e kummel, e a capricho, que combina lâminas de queijo brie, presunto de Parma e cogumelos trifolati. Cada uma custa R$ 69,00, na versão grande, e R$ 53,00, na pequena. O vinho sugerido para harmonizar custa R$ 180,00 a garrafa.

Rive Gauche Cusine: o menu apelidado de saint-exupéry contempla couvert (pães, queijo cremoso com azeitonas e condimento de maçã-verde, musse de fígado com tomate e nozes, e manteiga com flor de sal ao vinho tinto), entrada (brandade de bacalhau), prato principal brageole de filé-mignon na companhia de batatas), sobremesa (dua de creme brûlé com doce de leite) e uma garrafa do vinho Flying Solo Grenache Syrah 2011. Custa R$ 350,00 para duas pessoas.

Tanger: oferece três opções de prato que pouco lembram a culinária francesa. Uma delas combina linguiça de cordeiro artesanal condimentada e pernil de cordeiro cozidos lentamente com especiarias na companhia de cuscuz marroquino com legumes, frutas secas, amêndoas torradas, grão-de-bico, cebola dourada e uva-passa. Harmonização sugerida: Les Hauts de Janeil Syrah/Grenache (R$ 67,80, a taça, e R$ 127,00, a garrafa).

Vino!: propõe queijo camembert ao vinho chardonnay ao forno com torradas de focaccia (R$ 39,00) e pata de cordeiro assada com legumes grelhados (R$ 69,00). Os vinhos sugeridos para acompanhar são o Janeil Rosé VDP d´Oc 2011 (R$ 59,00, a garrafa, e R$ 12,00, a taça) e o Cuvée des Ardoises Château des Erles (R$ 99,00, a garrafa, e R$ 19,00, a taça).

Fonte: VEJA SÃO PAULO