Noite

Confira 10 festas gays que vão animar a semana

Edição especial da UltraLions, no Cine Joia, e estreia da festa Glow Pop, no Club Yacht, estão entre os destaques da agenda

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Yacht 2259
Pista do Yacht: a casa recebe a primeira edição da Glow Pop (Foto: Cida Souza)

Dez boas festas estão programadas para o público gay nesta semana. A badalação começa na quarta (10), no The Society, com a festa Milk, que recebe o grupo Las Bibas From Vizcaya. Na quinta (11), a véspera do feriado engordou ainda mais a lista de atrações. O Club Yacht recebe a primeira edição da Glow Pop, festa-irmã da badaladíssima Glow In The Dark. Já o Cine Joia sedia uma edição especial da UltraLions, famosa balada do Lions NightClub. Para coroar a programação, o parque aquático Viva Parque, a 70 quilômetros de São Paulo, promove na sexta (12) a quarta edição da Acquaplay. Confira o roteiro completo abaixo:

Quarta (10)

Milk no The Society

A cena em que a personagem Zezé, da novela Avenida Brasil, apareceu cantando os versos “eu quero ver tu me chamar de amendoim” bombou tanto na internet que acabou originando uma série de remixes. O mais famoso deles foi produzido pelo grupo Las Bibas From Vizcaya, que assume o comando da pista do The Society na quarta (10). A DJ residente Grá Ferreira e o convidado Arthur Valleti completam a noite com pop e house.

Quinta (11)

Babylon na The Week

Sem dúvida, trata-se da mais famosa balada gay da cidade. Com filiais no Rio de Janeiro e em Florianópolis, costuma receber cerca de 2 500 pessoas por fim de semana em um megaespaço de 3 200 metros quadrados. O salão principal fervilha ao som de batidas de house, tribal e progressive, enquanto outro ambiente, repleto de quadrados coloridos, sacode com faixas dos mesmos gêneros, porém mais conhecidas. Na véspera do feriado, promove uma edição especial da tradicional festa Babylon, comandada pelos DJs Bruno Pacheco, Paulo Pacheco e Vlad.

Super Ultralions no Cine Joia

Idealizada pelo trio de amigos Cacá Ribeiro, Bob Yang e Beto Cintra, a festa, que costuma desembarcar toda sexta-feira na Lions, faz sua primeira edição no Cine Joia. No salão principal, Guga Rahner abre a noite. Depois, entram em cena Gabriel Iodjahn & Cacá Di Guglielmo, Mau Mau & Fernando Moreno, Johnny Luxo  & Boss in Drama, Roque Castro & Theo Cochrane. Luca Lauri, Leila Pantoja e o coletivo De Polainas (Adriana Recchi e Marina Dias) completam o line-up tocando no espaço próximo ao mezanino. House, deep e pop estão no set.

Glow Pop no Club Yacht

Sucesso no Cine Joia, a balada Glow in The Dark, dedicada ao indie rock, ganha uma festa-irmã voltada para o pop. Durante a madrugada, o público vestido com roupas brancas recebe canetas fluorescentes e acessórios neon. Sob luz negra, a brincadeira consiste em riscar as camisetas dos amigos. Aqui, os DJs que animam a noite são Pedrowl, Samir Duarte, Fabiano Karvax, Marçal Righi, Gustavo Jreige e Alex Correa. Hits de nomes como Madonna, Beyoncé e The Wanted prometem animar a noite.

Yummy no Hot Hot

A Hot Hot tem três belos lustres de madrepérola iluminando o lounge, todo estampado com desenhos kitsch padronizados. Descendo as escadas, centenas de pessoas dançam sob 8 000 pontos de luzes coloridas que acompanham o ritmo das músicas. Às quartas o rock dá o tom. De quinta a sábado são as batidas eletrônicas que dominam. Dica para evitar filas: é possível comprar o ingresso antecipadamente pela internet. Na quinta (11), hits da música pop embalam a festa, agitada pelos DJs Ricardo González, Gabriel Rocha e Serjô, além de Andrei Reis, Gabrielle Oliveira e Renan Martelozzo. Algodão doce, piscina de bolinha e tequila em dobro até às 2h esquentam o clima.

Gambiarra no Grand Metrópole

A festa tem pegada descontraída e atrai atores, universitários e alternativos que curtem uma mistureba musical, com músicas brasileiras, eletrônico e pop. Na quinta (11), os DJs residentes Miro Rizzo, Taiguara Chagas e Evelyn Cristina comandam a festança no Grand Metrópole, nova empreitada do empresário André Almada. Vale garantir o ingresso mais barato antecipadamente pelo site oficial. Em tempo: só é possível pagar a entrada com dinheiro.

Projeto Mixirica no The Society

O The Society, um casarão de 800 metros quadrados com decoração baseada na mansão de um aristocrata boêmio, costuma sediar festas de música eletrônica. Às quintas-feiras, porém, o tom da noite é verde e amarelo graças ao Projeto Mixirica, que costuma homenagear um artista da MPB. Na véspera de feriado, remixes de músicas de Geraldo Vandré prometem dominar a pista. Quem comprar ingresso antecipado pelo site, ganha desconto de 50%.

Sexta (12)

Fun! na Bubu Lounge Disco

Formado por lounge e duas pistas, vive com seus ambientes abarrotados. Um time de DJs investe em flashbacks e eletrônico. Parte do público masculino curte tirar a camisa para exibir o físico durante a madrugada. Na sexta (12), revezam-se Paulo Agulhari, Lapetina, Paulo Ciotti e André Medeiros. O repertório inclui sucessos da música pop.

UltraLions no Lions NightClub

Cacá Ribeiro (ex-Royal), Augusto de Arruda Botelho (da Clash) e Facundo Guerra (do Cine Joia) estão por trás do empreendimento. Com um varandão que dá vista para o centro da cidade, pista de efeito tridimensional e animais empalhados pendurados nas paredes, a Lions abriga sob o mesmo teto playboys, alternativos e gays. Voltada a uma turma mais madura, a festa UltraLions traz pop, rock e house na trilha sonora. Na sexta (12), comandam o line-up Boss In Drama, Roque Castro e Fernando Moreno.

Acquaplay no Viva Parque

A quarta edição da festa rola no parque aquático Viva Parque, em Juquitiba, a 70 quilômetros da capital. O agito começa às 12h da sexta (12) e segue até a manhã de sábado. Destaca-se nesta edição o DJ mexicano Isaac Escalante, que divide o comando do som com Paulo Pacheco, Grá Ferreira, Leandro Becker, Vlad, Herbert Tonn, Morais e Edu Quintas. O palco principal estará montado próximo às piscinas do complexo.  Entradas podem ser adquiridas no site ingressorapido.com, nos caixas da The Week Rio e São Paulo e The Society, e nas lojas Foch (RJ e SP) e Maison Depil (SP).

Fonte: VEJA SÃO PAULO