Noite

Baladas celebram 'fim do mundo' com festas temáticas

Profecia apocalíptica sobre o 21 de dezembro inspira diversas festas. Veja o roteiro

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

apocalipse cambridge 2
Painel festo para a Festa do Apocalipse, no Hotel Cambridge: para dançar até "o mundo acabar" (Foto: Divulgação)

O famigerado 21 de dezembro, data apontada por alguns esotéricos como o fim do mundo no calendário maia, está chegando. Em São Paulo, a lenda serve de motivo para festejar. Muitas baladas da cidade resolveram usar a data para organizar festas para aproveitar como se realmente não houvesse amanhã. E, caso o planeta não seja destruído por uma onda gigante ou uma chuva de meteoros, ainda tem mais farra para comemorar. Confira no roteiro.

Festa do Apocalipse

Hotel Cambridge
Ambiente do Hotel Cambridge, no Centro (Foto: Heudes Regis)

O Hotel Cambridge recebe, nesta sexta (21), a festa que relembra os hits que "marcaram a humanidade", sem distinguir gênero, nacionalidade e época. A balada promete dar espaço para quem quiser cometer os últimos excessos. No line-up, Marina Basto, Thereza Menezes, Rafael Gomes, Adipe Neto, Arrigo, Camila Al Cici e Isadora Id. Entre as atrações está um bailarino vestido de Jesus Cristo - com direito a coroa de espinhos - e dançarinos fetichistas que vão distribuir bebidas aos convidados.

Bailinho

Bailinho
Bailinho terá edição especial "fim do mundo" (Foto: Paula Kossatz)

A última edição do ano do Bailinho --e quem sabe a última da Terra-- também adere ao tema. No comando das pick-ups estão Rodrigo Penna e Will Robinson, que garantem o mais variado set list, de Lily Allen a Marvin Gaye, passando por Rita Lee, Seu Jorge, Phoenix, DJ Shadow, entre outros.

Orloff Set do Fim do Mundo

Clash
A casa de eletrônico Clash, na Barra Funda, que terá maratona de DJs (Foto: Otávio Sousa)

Para quem quiser esperar o fim dos tempos na Clash, a casa traz o DJ D-Nox para set gigante de eletrônico. Acompanham o músico Du Serena vs. Dahan, Victor Ruiz e Christian Stilick.

E se o mundo não acabar...

Dj Zegon
DJ Zegon, atração da Mono em festa que celebrará o day after (Foto: Divulgação)

Caso o mundo permaneça exatamente como está, quatro casas da Rua Augusta se uniram para comemorar também. No evento Tibira Tranca a Rua, Caos, Inferno, Outs e a Mono organizam uma festa simultânea em todas as casas. Quem entrar em um dos clubes vai ganhar uma pulseirinha que dá acesso, de graça, às outras, cada uma com uma programação diferente. No Caos, o som carrega nas batidas latinas e black music com China, Foka, Pati Laundry e Tibira. No Inferno, a festa é a Glam Nation, com o rock da Uzi Suicide e ainda os DJs Eric Plank, Eric Glitter e Joe Klenner. Já no Outs, rola pubk rock com as bandas Trovadores de Bordel e Máquina Berradora, além dos Djs Edu Lou, Tati e Valentim. Para finalizar, a Mono vem com os sets de drum'n'bass e house com Andy, Jeff Paiano, Mau Mau, Sparvieri e Zegon.

  • O Canibaile é um projeto formado pelos compositores Peri Pane, Gustavo Galo, Andreia Dias, Alzira E, Leo Cavalcanti, arrudA, Juliano Gauche, Juli Manzi, Bárbara Eugênia, Tatá Aeroplano, Meno del Picchia, Gustavo Souza e Zé Pi. No palco, eles interpretam as próprias músicas seguindo aquilo que chamam de "Conceito Canibaile", que significa "levar Dionísio para dentro da Caverna". Espere por improvisações e clima festivo. Esta edição vai contecer no Teatro do Centro Cultural Rio Verde, com a mega banda-rock-baile e com Tutu Moraes que vai batizar os canibeilistas de plantão. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais
  • Canetas fluorescentes, tintas neon e luz negra ajudam o público a brilhar no escuro. O indie rock domina a pista com Killers, Franz Ferdinand, Foster The People, entre outros, que saem dos pickups de Alex Correa, Marçar Righi e Adan Stokinger. Dia 3/6/2016.
    Saiba mais
  • Para a primeira noite do fim do mundo na Ballroom, a balada convoca a festa The Legends. Quem for esperar o apocalipse por lá, vai curtir os sets eletrônicos dos DJs Rafael Diefentaler, Marco Hanna, Mosaner versus Furlan e do DJ Marcinho que completa a lista com hip hop. As vendas dos convites são atencipadas. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais
  • A casa recebe com rock e soul os terráqueos que procuram um abrigo na noite em que mundo acaba. O som fica nas mãos de El Duderino, Fabio Angelini, Henrique Muccillo e Asho.  Coletes salva-vidas estão entre as peças sugeridas como dress code da noite. Para amortecer o fim, o bar-balada oferece cervejas e drinks diversos. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais
  • Mistura de música, performances e artes visuais. É esta a proposta da Happenings que tem a sua última edição nesta sexta (21). Na festa, sob o comando do da Colab 011, todo lugar será encoberto por imagens de U-rso, Eduzal, Embolex, do duo do Midialdub e do calígrafo Haruo kaneko. A pista vai ser agitada por Akin Deckard, Alex Trusty que vem com nu jazz, nu grooves, trip hop e dub em seu set. Quem também já confirmou presença é Amanda Mussi, da Oh Mussi, grafiteira e ilustradora, leva suas influências de trilhas de ficção científica e hip hop. Para fechar o line-up, Temenpi do Só Pedrada Musical, Rodolfo Tavares do Sound Proof, Rogério Real e Sabota do Protection. A balada acontece no prédio do antigo Masp, na Rua Sete de Abril, 230 - República, a partir das 22h e não paga nada para entrar. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais
  • Na edição especial da festa Rocknbeats, a trilha sonora para o fim do mundo será AC/CD, com os roqueiros do Sugar Kane no comando das guitarras. Nas pick-ups, os DJs residentes divertem o público com sons das bandas Arctic Monkeys, The Killers, Vaccines, Strokes, Foals e Foster the People. Para os gogós afinados –e desafinados também--, a noite terá ainda o karaokê iRock. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais
  • Há dois anos, a festa Damn Fridays costumava agitar as noites de sexta no Yacht Club e tinha como marca reunir uma turma descolada na pista. Com uma nova edição voltada para o folk, a balada recebe quinze atrações, entre elas a banda O Bardo e o Banjo, de bluegrass. Para não fugir do electro-rock de costume, abre espaço o trio do Lumen Craft. Os DJs do Roots Rock Revolution, Database e Ivan Arcuschin estão escalados. Dia 25/11/2016.
    Saiba mais
  • A tradicional noitada eletrônica de sexta costuma trazer nomes estrangeiros. Nesta noite, o projeto Red Axes, do duo israelense Dori Sadovnik e Niv Arzi, lança tracks mais alternativas inspiradas na disco e no house. Também estão escalados Exequiel, Magal, Renato Ratier e Adnan Sharif, entre outros, para completar o line-up. Dia 8/4/2016.
    Saiba mais
  • A FUN! é a balada tradicional de sexta na Bubu tem como tema o cabaré. Decoração especial e performances ajudam no clima. Uma pista ferve ao som de DJ Paulo Agulhari, DJ Lapetina e  Paulo Ciotti. Os DJs Liu Rosa e Rafael Starcevic. Dia 31/07/2015.
    Saiba mais
  • Bandas nacionais e gringas, dos mais variados gêneros e quase sempre desconhecidas do grande público, costumam invadir a pista do Inferno, na Rua Augusta. A festa Dance to the Underground reúne um público alternativo para pular e dançar ao som de rock e metal. Nesta sexta, Green Day Cover toca o disco Dookie na íntegra. Os DJs Wladimir Cruz, Fish e Edgard Avian comandam os pick-ups. Dia 31/05/2013.
    Saiba mais
  • Com um varandão que dá vista para o centro da cidade, pista de efeito tridimensional e animais empalhados pendurados nas paredes, a Lions abriga sob o mesmo teto playboys, alternativos e gays. Idealizada pelo trio de amigos Cacá Ribeiro, Bob Yang e Beto Cintra, a festa semanal eletrônica Ultralions é comandada pelos DJs residentes Fernando Moreno e Roque Castro. Mau Mau é o convidado da vez. Dia 15/01/2015.
    Saiba mais
  • As noites de sexta-feira da Funhouse são tomadas pela Indieoteque. Moderninhos saboreiam o melhor do universo indie, 80s e 90s. E a trilha pode ser feita pelo próprio público, por meio do Twitter. Basta postar a música na rede social com #indieoteque e o pedido vai direto no telão. Então, é só esperar.  No comando da noite estão Cleber Facchi, Nina Grando, Eduardo Biz, Fernando Galassi, Amauri Terto, Douglas e Nóbrega e Gabriel Rolim. Dia 29/11/2013.
    Saiba mais
  • Nesta sexta-feira de fim de mundo, a Mono traz a noite Rapture para esperar pelo apocalipse. No line-up rock and roll, Rafa Urenha, Fiervo, Lúcio Ribeiro e Spavieri comandam as picapes da última festa de sexta do ano. No dia seguinte, se o mundo não acabar, a Mono participa do Tibira Tranca Rua, junto do Inferno, Outs e Caos. Dia 21/12/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO