Centro

Festa privada em túnel causa polêmica por mau uso do espaço público

Movimento que batizou o espaço como Buraco da Minhoca critica organização de evento que aconteceu sábado (24)

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Lixo espalhado depois de festa privada em túnel da Roosevelt
Lixo espalhado depois de festa privada em local batizado como 'Buraco da Minhoca' (Foto: Facebook)

O movimento Buraco da Minhoca, que promove festas no túnel sob a praça Roosevelt (Centro), publicou no Facebook um álbum de fotos que mostra o lugar tomado por lixo. Segundo a postagem, a sujeira é resultado de uma festa privada, organizada por uma produtora no último sábado (24).

O Buraco da Minhoca, que afirma já ter tido alguns eventos no local vetados pela prefeitura, questiona a cessão do espaço, que serve também como abrigo para moradores de rua da região. O movimento diz ainda que houve vandalização da via - além do acúmulo de lixo, algumas lâmpadas não estavam funcionando. A limpeza caberia à organização do evento.

+ Ingressos de Green Sunset começam a ser vendidos

+ Metroviários podem entrar em greve na próxima semana

 

Luzes apagadas depois de festa privada em túnel da Roosevelt
Lâmpadas apagadas depois de festa privada em local batizado como 'Buraco da Minhoca' (Foto: Facebook)

"O Buraco da Minhoca surgiu como uma utilização pública, coletiva, colaborativa, espontânea, sem fins lucrativos e consciente do espaço público. Sua repercussão e interesse da comunidade deu-se justamente como uma resposta a um modelo específico e ganancioso de casa noturna (obviamente não todas, mas em número bastante crescente)", afirma, na rede social, o coletivo em repúdio à festa paga.

Lixo espalhado depois de festa privada em túnel da Roosevelt
Lixo espalhado depois de festa privada em local batizado como 'Buraco da Minhoca' (Foto: Facebook)

Em resposta à VEJA SÃO PAULO, a organização da festa Skins Under Party não disse se houve autorização por parte da prefeitura. Apenas encaminhou um post em sua página oficial do Facebook, informando que uma equipe fora contrada para limpar o local e arrumar a sujeira que seria coletada mais tarde. A produtora questionou se a pessoa que fez as fotos não foi a mesma a espalhar o lixo.

Segundo a mensagem de divulgação do evento, foram consumidas 600 garrafas de vodca e cinco caixas de tequila. As entradas para o evento particular custaram 70 reais para as mulheres e 90 reais para os homens.

Postagem sobre festa privada em túnel da Roosevelt
Postagem sobre festa privada em túnel da Roosevelt (Foto: Facebook)

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO