Último fim de semana

Oito razões para não perder a 86ª Festa de Nossa Senhora Achiropita

Comidas típicas, praça de brinquedos e sorteio de prêmios ocorrem até domingo (2) no Bixiga

Por: Fernanda Bonadia - Atualizado em

Festa de Nossa Senhora Achiropita 2012 Rua 86ª edição
Festa na rua: estimativa é de um público rotativo de 20.000 pessoas (Foto: Divulgação)

A Festa de Nossa Senhora Achiropita está em sua 86ª edição e vai até domingo (2) no Bixiga, com muita comida italiana e variadas atrações.

O evento em homenagem à santa padroeira do bairro ocorre no sábado, das 18h à 0h, e no domingo, entre 17h30 e 22h30. Confira a seguir seis razões para aproveitar o último fim de semana:

1. Experimentar a variedade de quitutes

Pizza, polenta, berinjela ao forno, macarrão e sardela são algumas das opções oferecidas nas trinta barracas espalhadas pelas ruas Treze de Maio, Dr. Luís Barreto e São Vicente. Engordam a oferta as sobremesas, como sfogliatella e cannoli.

+ Já conhece o vencedor do Melhor Pastel de Feira de SP?

2. Concorrer a prêmios

Para animar ainda mais a festa, nos arredores da Igreja Nossa Senhora Achiropita serão sorteados um carro e um queijo provolone de dois metros de comprimento e, aproximadamente, 100 quilogramas. Para concorrer aos cobiçados prêmios, basta adquirir um tíquete por R$ 2,00. O sorteio será feito dia 22 de setembro, pela loteria federal.

Festa de Nossa Senhora Achiropita 2012 Doces 86ª edição
Água na boca: quitutes italianos e outros doces (Foto: Divulgação)

3. Colaborar com projetos sociaisRealizada por mais de 950 voluntários, toda a renda da festa é usada para a manutenção das obras sociais da igreja: o Centro Educacional Dom Orione (CEDO), que atende crianças e adolescentes; o Mova, destinado à alfabetização de adultos; a Casa Dom Orione, que promove assistência a pessoas da terceira idade; o Espaço Social Divina Providência, destinado a pessoas que vivem na rua; e a Creche Mãe Achiropita.

+ Comerciantes de rua batizam quitutes com nomes de famosos

4. Participar de uma das festas mais tradicionais da cidadeA primeira edição do evento data do início do século XX, com a chegada dos primeiros imigrantes italianos no bairro do Bixiga. Na época, a Rua Treze de Maio era de terra batida e lá havia apenas um altar de madeira com a imagem da padroeira. Entre os dias 13 e 15 de agosto, uma quermesse passou a ser realizada com o intuito de angariar verbas para a construção de uma capela. A partir daí, a festa cresceu muito. A organização estima que o público rotativo seja de 20.000 pessoas neste ano.

+ Oktoberfest em São Paulo: ingressos já estão a venda

5. Aproveitar atrações com as criançasUma praça de brinquedos promete animar o público infantil na edição de 2012. Tobogã, carrinhos e outras recreações vão ajudar a distrair os filhos dos visitantes.

6. Visitar a Paróquia de Nossa Senhora Achiropita

Durante o evento, a igreja da padroeira do bairro permanece aberta para visitação até as 22h30 no sábado (1º) e até as 21h30 no domingo (2), horários em que ocorrem as últimas bênçãos.

7. Provar uma das 12 mil fogaças

Toneladas de ingredientes são utilizadas para preparar os diversos pratos da festa. Em apenas uma noite, são consumidas 12 mil fogaças.

8. Não pagar nada para entrar

Se ainda não se convenceu, saiba que não é cobrada entrada dos visitantes. Quem quiser apenas conferir a grandiosidade do evento, pode aparecer na região e curtir uma animada festa de rua.

Fonte: VEJA SÃO PAULO