Especial

Baladas: uma festa em cada esquina

Pelo menos 180 casas noturnas estão em atividade em São Paulo. Selecionamos dez das melhores

Por: Carolina Giovanelli

Disco 2273a
O tradicional clube Disco: público endinheirado (Foto: Divulgação)

A capital paulistana exibe uma variedade de noitadas para ninguém botar defeito. Calcula-se que existam pelo menos 180 casas noturnas em atividade. Entre as opções de diversão, é possível dançar de rosto colado em algum arrastapé, escutar ao vivo o DJ gringo do momento em espaços refinados, jogar-se na pista dos clubes de flashback como se fosse John Travolta no filme “Os Embalos de Sábado à Noite” ou encarnar o caubói nas casas voltadas para o sertanejo.

+ As festas que agitam a cidade

+ Guia VEJA SÃO PAULO Cai na Noite

+ Manual Antirressaca

Confira abaixo do mapa uma seleção de dez espaços que agradam a gostos diversos:

  • Rock / Rock

    Astronete

    Rua Augusta, 335, Consolação

    Tel: (11) 3151 4568

    Sem avaliação

    Localizado atrás de uma pequena porta no início da Rua Augusta, o clube costuma ficar abarrotado de roqueiros descolados de várias idades. A pista é decorada com paredes pintadas de vermelho e pôsteres de filmes eróticos antigos. As quintas são dedicadas ao rock clássico, com faixas que vão de MC5 a The Stooges. Já as sextas são embaladas por rock dos anos 50, 60 e 70. Alternam-se aos sábados festas especiais e a noite Corre, Cuca, Corre, de curadoria da produtora Cuca Couto.

    Saiba mais
  • Eletrônica

    D-Edge

    Avenida Auro Soares De Moura Andrade, 141, Barra Funda

    Tel: (11) 3665 9500

    9 avaliações

    A casa é uma opção certeira para os fãs da música eletrônica. A pista 3D, com seus 200 retângulos de luz revestindo todos os lados, é uma das grandes atrações. Às segundas, o lugar abre espaço para o rock com a noite On the Rocks.

    Saiba mais
  • MPB

    Diquinta

    Rua Baumann, 1435, Vila Leopoldina

    3 avaliações
  • Eletrônica

    Disco Club

    Rua Professor Atílio Innocenti, 160, Vila Nova Conceição

    4 avaliações
  • Eletrônica

    The Week

    Rua Guaicurus, 324, Lapa

    Tel: (11) 3868 9944

    2 avaliações

    Sem dúvida, trata-se da mais famosa balada gay da cidade. Com filiais no Rio de Janeiro e em Florianópolis, costuma receber cerca de 2 500 pessoas por fim de semana em um megaespaço de 3 200 metros quadrados. O salão principal fervilha ao som de batidas de house, tribal e progressive, enquanto outro ambiente, repleto de quadrados coloridos, sacode com faixas dos mesmos gêneros, porém mais conhecidas. A casa ainda tem uma terceira pista, dedicada ao pop. Uma ampla área externa, adornada com uma piscina, recebe a turma ávida por ar fresco.

    Saiba mais
  • Estilos variados

    Lions NightClub

    Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 277, Bela Vista

    Tel: (11) 3104 7157

    2 avaliações

    A Lions é uma balada muito bacana. E não só pela programação eclética. Contam pontos a decoração retrô, a pista de efeito 3D e a varandona, que oferece uma bela vista para a Catedral da Sé. Em sintonia com a ambientação de arrasar, serve bons drinques, mas com preços que costumam pesar no bolso — um mojito custa R$ 31,00, por exemplo.

     

    Preços checados em 4 de novembro de 2014.

    Saiba mais
  • Flashback

    The History

    Rua Gomes De Carvalho, 820, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3846 4498

    5 avaliações

    Direcionada aos mais maduros, a boate tem como destaque um globo espelhado gigante e o tarimbado DJ residente (e proprietário da casa) Iraí Campos nos toca-discos. A trilha sonora reveza sucessos dos anos 60 aos 90. Três telões ajudam a levantar o astral com uma boa seleção de clipes retrôs. Durante a madrugada, rolam breves performances de dançarinos e acrobatas. Em cima das mesas do salão, há um jogo Genius, um hit na década de 80.

    Saiba mais
  • Country / Sertanejo

    Wood’s Bar

    Rua Quatá, 1016, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3849 6868

    25 avaliações

    Esse endereço mantém a característica de levar ao palco e à pista as músicas sertanejas que estão estourando. Rapazes e meninas bem-vestidos desfilam e dançam em um espaço confortável.

    Saiba mais
  • Estilos variados

    Gambiarra
    3 avaliações
    A festança continua arrastando um público descolado, artistas e universitários moderninhos para cair na noite. Com o clima “sem medo de ser feliz”, a proposta é dançar até o amanhecer nas três pistas do espaço, com trilhas sonoras variadas, da bagaceira ao eletrônico. Para celebrar os oito anos de existência, a folia é especial e convoca a apresentadora Luciana Gimenez para discotecar. A noitada continua com o show da Batida Nacional, banda formada por Lan Lan, Nanda Costa e DJ Deeplick, e com os DJs residentes, Miro Rizzo, Evelyn Cristina e Fabio Ock. Dia 11/3/2016.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO