Memória Paulistana

Festa no Memorial do Imigrante

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Giovana Romani e João Batista Jr.] - Atualizado em

Boa parte dos estrangeiros que migravam para São Paulo na virada do século passado instalava-se em uma hospedaria na região da Mooca. Eles esperavam ali até que surgisse trabalho nas fazendas de café. Publicada no Atlas da Imigração Internacional em São Paulo 1850-1950, da Editora Unesp, a foto abaixo mostra uma multidão de hóspedes nos anos 1900. "Foi quando passamos a receber menos italianos e mais portugueses e espanhóis", conta o cientista social Oswaldo Truzzi, um dos quatro autores. Atual sede do Memorial do Imigrante, o casarão promove neste domingo (21) e no próximo (28) a 14ª edição da Festa do Imigrante (www.memorialdoimigrante.org.br), com música, arte e comida de trinta países.

Fonte: VEJA SÃO PAULO