É grátis

Festa do Teatro: musical

Confira musicais em destaque na campanha que distribui 40 mil ingressos gratuitos

Por: Redação - Atualizado em

Mamma Mia - festa do teatro
'Mamma Mia!': musical terá 1.000 tickets gratuitos disponíveis (Foto: Brinkhoff-Mogenburg)

A campanha Festa do Teatro dará um par de convites por pessoa para as sessões promocionais.

+ Festa do Teatro distribui 40 mil ingressos

+ Confira os 11 melhores espetáculos

A distribuição acontece nos dias 2, 3 e 4 de junho. Cada posto é responsável por determinadas peças. Veja no site oficial em qual dia e onde buscar o ingresso para o espetáculo desejado.

As apresentações acontecem no período de sexta (3) e 12 de junho.

Confira os endereços e horários dos postos de distribuição:

Das 11h00 às 14h00 Biblioteca Mário Schenberg – Rua Catão, 611 – Lapa

Biblioteca Paulo Setúbal – Av. Renata, 163 – Vila Formosa

Casa Amarela - Praça Floriano Peixoto, 131 - Santo Amaro

Das 14h00 às 17h00 Teatro Municipal – distribuição em frente às Casas Bahia

Das 16h00 às 19h00 CCSP – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000 – Paraíso (único lugar que irá distribuir ingressos a peças para deficientes visuais e auditivos)

SP Escola de Teatro – Av. Rangel Pestana, 2401 – Brás

Veja abaixo alguns musicais que participam da Festa do Teatro:

  • Resenha por Dirceu Alves Jr.: De Márcio Araújo e Fernanda Couto. Em três décadas, a cantora Nara Leão (1942-1989) popularizou-se como musa da bossa nova, gravou samba, tropicalistas e versões de clássicos americanos. Protagonizada por Fernanda Couto, a montagem reafirma a pluralidade de sua carreira e estabelece um olhar distanciado que aproxima o público. Fernanda não imita a biografada. Convence pela delicadeza; volta e meia recorre à terceira pessoa para falar de Nara. Pinceladas lançam luz sobre sua intimidade, e a direção costura bem a narrativa a músicas como Insensatez, Opinião, Com Açúçar, com Afeto e A Banda. Com Guilherme Terra, Rodrigo Sanches e William Guedes. Estreou em 21/04/2010. De 25/02/2012 a 18/03/2012.
    Saiba mais
  • Uma crônica musical dos principais shows de artistas nacionais e internacionais que aconteceram no Hotel Maksoud desde sua inauguração até a atualidade. Os atores entoam composições de Chico Buarque, Tom Jobim, Frank Sinatra, Julio Iglesias, entre outros acompanhados pela banda regida ao vivo pelo maestro Luiz Bonan. Até 28/10/2011.
    Saiba mais
  • Musical

    Evita
    VejaSP
    Sem avaliação
    De Andrew Lloyd Webber e Tim Rice. Mergulhar no universo da ex-primeira-dama argentina Evita Perón (1919-1952) incluía um desafio a mais para o diretor Jorge Takla. A trajetória de Evita — de jovem pobre a atriz pífia a, finalmente, poderosa mulher do presidente Juan Perón — é totalmente narrada em versos, algo incomum nas produções de hoje. Takla arriscou-se a priorizar o conjunto histórico, razão pela qual as ótimas projeções documentais que servem de cenário saltam aos olhos. Como o casal protagonista, Paula Capovilla e Daniel Boaventura apresentam interpretações eficientes e empenhadas tecnicamente. Na pele do guerrilheiro Che Guevara, o ator Fred Silveira faz as vezes de narrador e conquista a empatia da plateia. Estreou em 26/03/2011. Prorrogado até 31/07/2011.
    Saiba mais
  • De Benny Andersson, Björn Ulvaeus e Catherine Johnson. Grande parte do sucesso do musical mundo afora pode ser atribuída às canções da banda sueca Abba, que aqui ganharam versões de Claudio Botelho para o português. Em meio a temas como Dancing Queen, The Winner Takes It All e Money, Money, Money está uma história simples, a de Donna (Kiara Sasso) e sua filha Sophie (Pati Amoroso), ambientada em uma ilha grega. Às vésperas de seu casamento, a garota manda o convite para três homens (Saulo Vasconcelos, Cleto Baccic e Carlos Arruza) que fizeram parte do passado de sua mãe — um deles pode ser o pai que ela nunca conheceu. Entre os 32 atores estão Rachel Ripani, Andrezza Massei e Thiago Machado, além de dez músicos regidos pelo maestro Paulo Nogueira. Estreou em 11/11/2010. Prorrogado até 18/12/2011.
    Saiba mais
  • Resenha por Dirceu Alves Jr.: De Earl Mac Rauch. O cineasta Martin Scorsese levou às telas em 1977 a história de amor da cantora Francine Evans e do saxofonista Johnny Boyle (Liza Minnelli e Robert De Niro) ambientada logo depois da II Guerra Mundial. A versão teatral, adaptada pelo próprio Rauch, manteve o encanto. Kiara Sasso e Juan Alba protagonizam o espetáculo ao lado de dezesseis atores-cantores, doze bailarinos e catorze músicos. Francine (papel de Kiara) é uma determinada intérprete em busca do reconhecimento. Boyle (vivido por Alba), por sua vez, sente-se inseguro diante da amada. Temas como The Man I Love, My Way e New York, New York entusiasmam em cenas casadas às coreografias de Anselmo Zola e Kika Sampaio. Estreou em 12/04/2011. Até 07/10/2012.
    Saiba mais
  • Resenha por Dirceu Alves Jr.: De Cybele Giannini. A biografia do compositor (1910-1937) é narrada por meio de quarenta de suas canções. Com que Roupa?, Três Apitos e Último Desejo, entre outras criações, são dramatizadas pelos doze atores da CYa. Grita Absoluta e executadas pelo Grupo JB Samba. Estreou em 06/05/2009. Até 26/06/2011.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO