Ferraz de Vasconcelos

Exame toxicológico de antigo morador de apartamento deu negativo

Lucas Nascimento foi encontrado no mesmo apartamento onde cinco pessoas morreram

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Ferraz de Vasconcelos
Mãe e quatro filhos foram encontrados mortos dentro do apartamento em Ferraz de Vasconcelos (Foto: Reprodução TV)

O exame toxicológico do jovem Lucas Nascimento, de 23 anos, encontrado morto no mesmo apartamento onde cinco pessoas da mesma família morreram na última segunda-feira (16) não apontou qualquer envenenamento por gás. O laudo, que ficou pronto nesta semana, três meses após a morte, aponta que o jovem teria tido um edema agudo de pulmão, causado por problemas cardíacos.

Em junho, o corpo do rapaz foi encontrado no apartamento. A causa de morte estava indeterminada até que os laudos ficassem prontos. Familiares deram entrevistas dizendo que Lucas morreu dormindo. A perícia deve ir mais uma vez ao apartamento para checar se há falhas no sistema de aquecimento do edifício.

Ele morava no mesmo apartamento em que a auxiliar de enfermagem Diná Vieira da Silva, de 42 anos, e seus quatro filhos, foram encontrados. A polícia trabalha com duas linhas de investigação para o caso. O envenenamento pode ter acontecido pela ingestão de alimentos ou por monóxido de carbono. Suco e bolo que foram consumidos pela família foram recolhidos.

O namorado de Diná, Alex Guinones Pedraza, foi preso preventinamente na terça-feira (17) por não ter emprego ou residência fixa. Foi ele quem encontrou a família na segunda e é suspeito de ter cometido o crime.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO