Gastronomia

Negócio de 53 milhões de reais transfere a administração dos restaurantes Fasano para a empresa Hotel Marco Internacional

Controladora, que já é sócia de Rogério Fasano, disse que transação permitirá explorar marca em outros segmentos de luxo

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Rogério Fasano - Ed.: 2349
Fasano: 35% dos restaurantes e hotéis da grife (Foto: Mario Rodrigues) (Foto: Mario Rodrigues)

Por meio do braço de hospedagem Hotel Marco Internacional, a JHSF, uma das maiores empresas do ramo imobiliário no Brasil, divulgou por meio de comunicado oficial, na quarta-feira (18), a incorporação de treze estabelecimentos do Grupo Fasano. São doze restaurantes, entre eles o Fasano, e o Baretto. A transação, que também envolve os direitos de uso da marca, foi fechado em 53 milhões de reais. 

+ Rogério Fasano explica o novo modelo do negócio

O valor da transação foi acordado em 5,5 vezes o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do conjunto de restaurantes em 2013. Rogério Marco Fasano, que comanda o Grupo Fasano, continua no negócio como presidente e com 35% de participação, dividido com os irmãos Andrea e Fabrizio. 

Com a mudança, hotéis e restaurantes da grife passam a ter uma mesma administração, feita pelo CEO da empresa, Paulo Antunes, subordinado a Rogério Fasano. De acordo com o comunicado "a integração das operações de alimentos e bebidas às dos hotéis Fasano possibilitará ganhos de sinergia e a exploração da marca em outros segmentos do alto luxo."

+ Visite o Museu do Futebol de graça

Fonte: VEJA SÃO PAULO