Polícia

Família é assaltada por 'palhaço' em bufê de casamento em Sorocaba

Apesar do susto e do prejuízo de mais de 6 000 reais, noivos decidiram manter a festa 

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

bufe sorocaba assalto palhaço
Bufê em Sorocaba onde vítimas foram assaltadas (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um homem usando máscara de palhaço sacou uma arma e rendeu uma família que fazia os preparativos para uma festa de casamento, na noite de terça-feira (11) em um bufê de Sorocaba, no interior de São Paulo. Em seguida, outros dois assaltantes recolheram 6 500 reais que seriam dados como entrada da festa, além de celulares e documentos das vítimas. Os criminosos fugiram pela Rodovia Castelo Branco levando também o carro da família.

+Relatos de aparições de palhaços por SP tomam conta das redes sociais

O veículo foi abandonado em um bairro da região. A Polícia Militar foi acionada e fez buscas, mas não achou os assaltantes.

Conforme o registro na Polícia Civil, sete familiares dos noivos além da dona do bufê, estavam no local na hora do assalto. Quando o homem vestido de palhaço adentrou, eles acharam que fazia parte dos preparativos. Antes, os criminosos haviam rendido o caseiro da propriedade.

A festa de casamento está marcada para o dia 17 de novembro, e a família foi ao bufê para aprovar os bolos e doces que serão servidos, além de fazer parte do pagamento.

+Briga por mesa em praça de alimentação termina em tiroteio

Segundo a polícia, apenas os familiares sabiam da quantia que eles levavam. O dinheiro havia sido um presente pela avó do noivo.

Apesar do susto e do prejuízo, a família do jovem casal - o noivo tem 20 anos, a noiva, 18 - decidiu manter a festa. Segundo a noiva, que pediu para não ser identificada, o casamento dela era um sonho do pai, falecido há um ano e meio.

"O valor que os bandidos levaram era metade do custo da festa. Estamos reunindo as nossas famílias e vamos dar um jeito", disse a noiva.

Os familiares só pediram que, na data do evento, a segurança do bufê seja reforçada.

Fonte: VEJA SÃO PAULO