Humor

7. Fabiana Karla ganha par romântico no teatro

Na peça 'Gorda', a atriz arranca gargalhadas do público

Por: Dirceu Alves Jr. e Giovana Romani - Atualizado em

Fabiana Karla_Gorda_2156
Fabiana Karla, atriz da comédia 'Gorda': 115 quilos a serviço da personagem (Foto: Rodrigo Castro)

Às vésperas de completar duas décadas de carreira, a atriz pernambucana Fabiana Karla, de 34 anos, jamais havia tido um par romântico. “Gorda e humorista, fica difícil alguém escrever cena de amor para mim”, queixa-se. Popularizada pelos esquetes do programa Zorra Total, em que ela interpreta, entre outras personagens, a Dona Gislaine e a Dra. Lorca, a atriz deu o primeiro beijo profissional no ator Michel Bercovitch na peça Gorda, comédia de Neil LaBute, em cartaz no Teatro Procópio Ferreira. “E, ainda por cima, Michel tem barba”, brinca ela. “Passei a vida inteira casada e nunca tinha beijado um barbudo.” Em cena, Fabiana usa seus 115 quilos distribuídos em 1,68 metro para interpretar uma mulher que está pouco ligando para a balança e não dispensa um bom prato. Ao arrumar um namorado, executivo bem-sucedido e cheio de amigos preconceituosos, ela vira a chacota da vez. O público gargalha, mas Fabiana chegou a se sentir mal na fase inicial dos ensaios e pensou em desistir do papel. “É muito esquisito as pessoas acharem engraçado uma pessoa magra se apaixonar por outra gorda, não é?”, comenta a atriz. “Algumas cenas contêm ofensas à personagem que jamais ouvi na vida real, e aquilo chegou a me incomodar.” Com o eco das risadas da plateia, ouvidas em cinco meses no Rio de Janeiro, a protagonista relaxou e viu que seu corpo ali era apenas um instrumento de trabalho. “Se eu visto um maiô e vou à praia, por que não posso me expor para divertir as pessoas? De repente, consigo me conscientizar de que essa vaidade exagerada não faz muito sentido.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO