Memória paulistana

Expressão "deu zebra" inspirou painel de 64 metros de Claudio Tozzi

Por: Edison Veiga [Filipe Vilicic] - Atualizado em

Acredita-se que a expressão "deu zebra" tenha surgido na década de 40. Como o animal não está entre os 25 do jogo do bicho, "dar zebra" significaria um resultado impossível. Ganhou a boca do povo no auge da loteria esportiva, nos anos 70. O Fantástico, da Rede Globo, trazia uma simpática personagem em forma de zebrinha que anunciava os resultados da rodada. "Falar 'deu zebra' era moda", lembra o artista plástico paulistano Claudio Tozzi. Foi em 1972 que ele, atendendo a uma encomenda do colecionador de arte Milton Guper, pintou Zebra. Reproduzida em um painel de 64 metros quadrados, a obra foi afixada na lateral de um edifício comercial da Praça da República – onde está até hoje. A foto ao lado integra o livro Claudio Tozzi, de Fábio Magalhães, lançamento da Lazuli e da Companhia Editora Nacional.

Fonte: VEJA SÃO PAULO