Consumo

6. Expovinis: a superfeira do setor de vinhos

Dos dias 27 a 29, o Expo Center Norte receberá 250 expositores, entre produtores e importadores, que apresentarão cerca de 20 000 rótulos

Por: Arnaldo Lorençato, Giovana Romani e Helena Galante - Atualizado em

Expovinis - Vinhos_2160
Edição 2009: 15 000 visitantes em três dias (Foto: Divulgação)

Em sua 14ª edição, a Expovinis firma-se como o maior evento de vinhos na América Latina. Dos dias 27 a 29, o Expo Center Norte receberá 250 expositores, entre produtores e importadores, que apresentarão cerca de 20 000 rótulos. “Há um interesse cada vez maior no mercado brasileiro”, afirma o organizador Domingos Meirelles. “No primeiro ano, não havia mais do que trinta estandes.” Os visitantes terão a oportunidade de experimentar vinhos de praticamente todas as regiões produtoras do mundo. França, Itália, Espanha, Portugal, África do Sul, Nova Zelândia, Chile e Argentina estarão representados nos 19 000 metros quadrados do salão, bem como países sem tradição vinícola, como Bolívia e Sérvia, que marcarão presença.

Garrafas nacionais em produção cada vez mais expressiva ocuparão um espaço maior do que nas versões anteriores. Quarenta vinícolas brasileiras — entre elas, Miolo, Salton e Casa Valduga — prometem trazer produtos de qualidade para conquistar o consumidor. Sob o comando de especialistas, as degustações e palestras têm inscrições limitadas e vagas concorridas. Grande tendência, os vinhos biodinâmicos, elaborados com uvas orgânicas, serão tema de uma prova. Tudo com o objetivo de agradar a um público exigente e aquecer a economia do setor. “Muitos negócios começam em nossos corredores”, comemora Meirelles.

Fonte: VEJA SÃO PAULO