Acidente

Explosão deixa nove feridos em pensão no centro

Duas pessoas foram levadas para o Hospital das Clínicas em estado grave. Vazamento de gás ocorreu em frente a uma pensão

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Explosão de gás em um sobrado de dois andares deixou nove pessoas feridas na madrugada deste sábado (23)
Explosão de gás em um sobrado de dois andares deixou nove pessoas feridas na madrugada deste sábado (23) (Foto: Marcos Ambrósio/Agência Estado)

Uma explosão devido a um vazamento em um duto subterrâneo de gás em frente a uma pensão no cruzamento das ruas do Glicério com Barão do Iguape, na região central de São Paulo, deixou nove pessoas feridas na madrugada deste sábado (23), segundo o Corpo de Bombeiros. Duas vítimas tiveram partes do corpo queimado e foram encaminhadas para o Hospital das Clínicas (HC). As demais, com ferimentos leves, foram encaminhadas para outros hospitais.

Natanael de Abreu Torres teve 45% do corpo atingido pelas chamas e Henrique Figueiroa, 35%. Às 17h30 deste sábado, Natanael estava na UTI, em estado delicado pós-operatório. Já Henrique segue em atendimento no pronto-socorro do HC. Outras vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia, Hospital Vergueiro e Hospital do Mandaqui. O proprietário da pensão Antônio Marcos Oliveira Jardim também ficou ferido na explosão. 

+ Mulher agredida com uma forte cotovelada no rosto deixa a UTI 

Uma equipe técnica da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) da empresa já estava no local desde às 2h40 para atender a um chamado para verificar um forte cheiro de gás na rua do Glicério. A explosão ocorreu durante o trabalho dos funcionários. 

Treze viaturas do Corpo de Bombeiros e 42 homens foram acionados para conter o vazamento e controlar o fogo. Com a explosão, a estrutura da pensão, um sobrado de dois andares, ficou comprometida. Toda a rua do Glicério, por onde passa a tubulação de gás, está interditada para investigação das causas do acidente. 

Explosão no centro de São Paulo
Rua do Glicério segue interditada para investigação das causas do acidente (Foto: folhapress)

A Comgás informou que o vazamento foi controlado às 6h, com eliminação total do risco. A empresa disse ainda que prestará assistência às vítimas e se manifestará sobre os danos causados a elas. 

 

 

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO