Acidente

Dois morrem em explosão de academia em São Bernardo

Vizinhos sentiram um forte cheiro de gás saindo da academia na manhã de sábado (17)

Por: Redação VEJASÃOPAULO.com - Atualizado em

Uma explosão na academia Tem Esportes, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, matou duas pessoas e deixou outras treze feridas na manhã de sábado (17). Para o Corpo de Bombeiros, a causa mais provável do acidente é um vazamento na tubulação de gás que fazia o aquecimento das piscinas - vizinhos, alunos e funcionários sentiram um forte cheiro de gás vindo da academia. A Polícia Civil vai investigar o caso. 

O acidente aconteceu por volta das 11h da manhã. A academia fica na Rua Miragaia, número 445, no bairro Pauliceia, e é uma das cinco unidades da rede Tem Esportes - são quatro em São Bernardo e uma em Itu, no interior paulista. O local tem 2 000 metros quadrados, duas piscinas, salas de ginástica e musculação. A explosão, que derrubou parte da estrutura do prédio, aconteceu durante uma aula de natação infantil. 

Uma das vítimas é a professora de natação Hélne Boriczeski, de 26 anos. A outra é o torneiro mecânico Marcos Aparecido Pardim, de 51 anos, que morava em uma casa atrás da academia e, segundo testemunhas, estava estendendo roupas no varal quando foi atingido por destroços da explosão. Dos treze feridos, dois continuam internados. 

Explosão Academia Tem São Bernardo
Parte do prédio da academia desabou (Foto: Bombeiros/Divulgação)

A Defesa Civil interditou cinco imóveis na região para averiguar se explosão danificou a estrutura das construções vizinhas. A Prefeitura de São Bernardo afirmou que a academia tinha alvará de funcionamento em dia. 

No início da noite de ontem (17), a diretoria da rede Tem Esportes emitiu nota em que diz lamentar o ocorrido e que dará todo o apoio necessário aos familiares e vítimas. "A Tem Esportes é uma empresa familiar que tem mais de 30 anos de história e tem um trabalho baseado em ética e responsabilidade", diz a nota. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO