Acidente

Só exame de DNA identificará corpos, diz secretário de Segurança

Fernando Grella afirma que já foram pedidas amostras de sangue dos familiares das vítimas do acidente aéreo que matou o presidenciável Eduardo Campos

Por: Redação VEJA SÃOPAULO.COM

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira, afirmou na tarde desta quinta-feira (13) que a identificação dos corpos que estavam na aeronave que caiu em Santos só poderá ser feita por meio de exames de DNA. "Já pedimos amostras de sangues dos familiares das vítimas para avaliar com os restos dos corpos encontrados", afirmou Grella. 

+ Marina Silva: "Aprendi a respeitar e admirar Eduardo Campos"

"Há partes de corpos espalhadas por muitos lugares, é um trabalho delicado. Quando o material for recolhido, será levado a São Paulo", disse o secretário.

+ Políticos lamentam a morte do candidato à presidência Eduardo Campos

De acordo com o secretário, um inquérito policial será instaurado para averiguar se houve homicídio culposo (sem intenção). A investigação, no entanto, só começará o laudo da Aeronáutica sobre o acidente. "A Secretaria de Segurança Pública está auxiliando a aeronáutica, para termos celeridade no processo.”

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO