Bares

Evviva se destaca pelos petiscos um pouco mais elaborados

Localizada no movimentado quarteirão da Rua Joaquim Távora, casa destoa de seus vizinhos despojados

Por: Fabio Wright

Evviva - Bares - 2262
O ambiente dos fundos: clima romântico (Foto: Cida Souza)

No mais fervilhante quarteirão da Rua Joaquim Távora — entre as ruas Rio Grande e Áurea, na Vila Mariana —, predominam endereços de ambiente despojado, mesinhas voltadas para a calçada e cerveja ou chope gelado no cardápio. A mais recente casa a aportar no pedaço, porém, busca atrair o público com uma receita diferente: petiscos um pouco mais elaborados e atenção também aos drinques e vinhos. Surgiu com essa pretensão o Evviva (nome que significa viva ou salve, em italiano), inaugurado há três meses. Instalado onde antes funcionava um restaurante japonês, o local não tem no salão principal, de decoração um tanto fria, seu ponto forte. Passe por ele e escolha um dos lugares no terraço pergolado, nos fundos do imóvel. Ali, paisagismo e iluminação indireta conferem um tom romântico ao espaço.

+ Baixo Augusta entra na onda dos bares espanhóis

+ A volta ao mundo pelos bares de São Paulo

A cozinha investe em sugestões de várias nacionalidades, a exemplo das espanholas batatas-bravas e do italiano supplial telefono (bolinho de arroz arbóreo, calabresa e queijo de minas padrão. Veio oleosa demais a polenta frita que serve de base para um canapé de shimeji e gorgonzola. Prefira os croquetes de carne desfiada e catuaba, de formato redondo e sabor marcante.

+ Onde curtir mais por menos na happy hour

Titular do balcão, o barman Almeida (ex-Casa da Fazenda do Morumbi) manda bem no daiquiri de morango, adocicado na medida, cuja composição leva rum branco e suco de limão. Além do chope irlandês Guinness, integram a seção de bebidas 35 rótulos de cerveja, como a encorpada belga Leffe Radieuse, de cor âmbar e 8,2% de álcool. Quem se interessa por vinhos encontra cinquenta rótulos, caso do chileno Casa Lapostolle Carmenère 2010.

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | COZINHA ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO