cidade

Mulheres com cicatriz de câncer ou violência doméstica ganham tatuagem

As interessadas podem se inscrever a partir deste sábado (3) para participar. Evento acontece em outubro

Por: Bárbara Öberg

Tatuagem mama
Convenção vai dar tatuagens de graça para mulheres que têm cicatrizes (Foto: Divulgação)

A Underworld Tattoo Music Fest, convenção de tatuagem que acontece de 14 a 16 de outubro em São Paulo, vai abrir um espaço em sua programação para promover uma ação ligada ao movimento Outubro Rosa. O plano é atender mulheres que queiram cobrir com uma tatuagem cicatrizes provenientes de mastectomia, queimaduras, abdominoplastia e violência doméstica. Também será possível reconstruir a auréola do seio - tudo de graça.

+ Madre Teresa finalmente vira santa neste domingo (4)

Os tatuadores que vão participar da ação são todos habilitados para aplicar com perfeição a técnica do cover up (cobertura de uma cicatriz com tatuagem). Para viabilização do procedimento, a interessada terá de preencher o cadastro e apresentar atestado médico que informe que está liberada para realizar o procedimento.

Para reconstruir a auréola do seio, o tatuador precisa elaborar uma pigmentação especial e desenhar um novo mamilo com as mesmas características de um verdadeiro, aplicando as técnicas do realismo. “Chegar à pigmentação exata é muito difícil. O tatuador precisa ter técnica, habilidade, sensibilidade e generosidade", explica o tatuador Rodrigo Peña. Também é possível cobrir as cicatrizes com desenhos de flores, pássaros e outros símbolos.

Para participar, é necessário se inscrever no site da ação a partir deste sábado (3).    

O evento reunirá mais de 250 tatuadores do Brasil e da América Latina. Terá exposição de artes plásticas, concurso da melhor tatuagem, apresentação de sete grupos de rock e feira de food truck, além de uma ala de venda de roupas e acessórios.     

Serviço:

Underworld Tatto Music Fest: 14, 15, 16 de outubro no Urban Stage (Rua Voluntários da Pátria, 498)

     

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO