Polícia

Estudante desaparecida em Santo André volta para casa

Após ficar oito dias sem dar notícias, Larissa Toledo Piza foi encontrada no Terminal Rodoviário do Tietê, na Zona Norte da capital

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Larissa Piza
Larissa voltou para casa após oito dias e ainda explicou o motivo do sumiço (Foto: Reprodução/Facebook)

Desaparecida desde o último dia 8 de janeiro, a estudante universitária Larissa Toledo Piza, de 20 anos, voltou na sexta-feira (16) para sua casa em Santo André, após ser encontrada no Terminal Rodoviário do Tietê, em Santana, na Zona Norte da capital.

+ Estudante desaparece em Santo André

“Ela ligou para casa por volta das 23h, pedindo para que o pai fosse busca-lá na rodoviária”, conta Janailma de Fátima Silva, prima de Larissa, que atendeu ao telefonema. Ao ser resgatada, a jovem vestia as mesmas roupas do dia do desaparecimento - calça azul e blusa preta - e portava somente o documento de identidade.

Segundo a parente, Larissa - que cursa Administração de Empresas na Universidade Estácio de Sá e trabalha em uma agência de viagens - estaria bem fisicamente, mas abalada, e não teria contado direito o que ocorreu nos últimos dias. “Ela está nervosa, abatida e não quer falar muito. Resolvemos deixá-la descansando”.

A família foi orientada pela Polícia a não se pronunciar sobre o episódio até que todos os detalhes sejam esclarecidos em um depoimento, que deve ocorrer ao longo da próxima semana. “Por enquanto, só podemos agradecer aos amigos e à imprensa que nos ajudaram a divulgar o desaparecimento”, diz Janailma.

+ Confira as últimas notícias da cidade

No último dia 8, Larissa tomou um ônibus acompanhada da mãe, Maria Leonildes da Silva Piza, até o terminal de ônibus metropolitano Santo André Oeste, onde se despediram. A garota deveria ter ido para o trabalho, cerca de 1 quilômetro distante dali, mas não chegou ao local. A família registrou um boletim de ocorrência sobre o sumiço.

Fonte: VEJA SÃO PAULO