Mistérios da Cidade

Onde andam as estrelas da pornochanchada

Famosas nos anos 70, as "últimas divas do Brasil" ainda são lembradas por seus papéis

Por: Rachel Verano [Com reportagem de Júlia Gouveia, Nathalia Zaccaro, Rick Hiraoka e Silas Colombo] - Atualizado em

00533676_8C8E4H7G6C
Nicole Puzzi: em seus anos dourados (Foto: Paulo Salomão)

Aos 54 anos, Nicole Puzzi prepara uma retomada na vida artística. Na próxima quinta (14), estreia o monólogo Eu Só Estava Amando em 70, de sua autoria, no Espaço Biroska, no centro. A peça é definida por ela como um “stand-up romântico”, algo bem diferente do que fazia no começo da carreira.

Nicole ficou famos anos anos 70 e 80 estrelando várias pornochanchadas e até hoje é lembrada por esses papéis. “Muitos homens ainda tremem só de estar ao meu lado”, orgulha-se. “Eu e outras colegas fomos as últimas divas do Brasil, depois só surgiram as mulheres-fruta.”

Abaixo, veja o que andam fazendo algumas estrelas daquela época.

Imagens e musas das Pornochanchadas

LO3D6414--MARIO-RODRIGUES
(Foto: Mario Rodrigues)

Aldine Muller: após atuar em novelas do SBT e da Record, focou o teatro. Desde 2010, encena a comédia Virgem aos 40.com. No segundo semestre, grava o filme Jesus do Brasil.

00707508_6D3A4B1D0D
(Foto: Paulo Salomão)

Helena Ramos: com mais de quarenta filmes no currículo, está longe da mídia e mora na capital. Seu último papel de destaque na TV foi na novela O Amor Está no Ar (1997), da Globo.

Helenaamos
(Foto: Paulo Salomão)

Matilde Mastrangi: afastada da vida artística há anos, virou evangélica, faz pós-graduação em teologia e diz não sentir saudade dos velhos tempos.

MatildeMastrangi
(Foto: Paulo Salomão)

Memória Paulistana: Liga Solidária completa 90 anos

Site vende objetos e experiências com ídolos do esporte

Cresce oferta de serviços delivery na capital

Fonte: VEJA SÃO PAULO