MEMÓRIA

Estrela criou brinquedos durante quatro décadas na Zona Norte

Fábrica mudou-se em 1964 para uma fábrica no Parque Novo Mundo

Por: Mariana Oliveira

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Cerca de 70% do faturamento da Brinquedos Estrela é obtido entre o Dia das Crianças e o Natal. Fundada em 1937 no bairro do Belém, a marca mudou-se em 1964 para uma fábrica no Parque Novo Mundo, na Zona Norte. Ali, durante 24 horas por dia, mais de 1 000 máquinas de costura confeccionavam roupas para bonecos como Susi, de 1966, que teve 800 000 unidades comercializadas, e Falcon, de 1977, com 1 milhão de exemplares. Na década de 90, pressionada por uma crise, a empresa começou a reduzir de tamanho: o número de funcionários caiu de 6 000 para 2 000, e o portfólio de produtos, de 700 para 400.

+ Livro recém-lançado revela segredos do centro de São Paulo

Em 1996, Mario Arthur Adler, filho do fundador Siegfried Adler, vendeu o controle da companhia a Carlos Antonio Tilkian, hoje o principal acionista. A Estrela continuaria no terreno de 240 000 metros quadrados até 2002. Hoje conta com três fábricas menores, nas cidades de Itapira (SP), Três Pontas (MG) e Ribeirópolis (SE), mas cerca de um terço de suas peças vem do exterior.

+ Artistas querem provar que segunda-feira também é animada

Fonte: VEJA SÃO PAULO