Crianças

Duas peças infantis reestreiam neste fim de semana

A garotada poderá conferir boas adaptações de textos de Júlio Verne e Lewis Carroll

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

A Volta ao Mundo em 80 Dias - peça infantil
Bruno Rudolf e Ricardo Rodrigues (de chapéu): uma jornada cheia de desafios e risadas em 'A Volta ao Mundo em 80 Dias' (Foto: Divulgação)

O espetáculo A Volta do Mundo em 80 dias, de Carla Candiotto, inicia nova temporada a partir deste domingo (28). A adaptação do texto de Júlio Verne é diversão na certa. Na história, Mr. Fogg (Ricardo Rodrigues) pretende atravessar o planeta em um prazo apertadíssimo e, para isso, conta com a ajuda de Passepartout (o ótimo Bruno Rudolf). A montagem segue até o fim do maio no Sesc Ipiranga.

+ Cidade das Crianças: um blog de pais para pais

Também volta aos palcos o musical O Chapeleiro Maluco, desta vez no Teatro João Caetano. Já adolescente, Alice (vivida pela atriz Mariana Lilla) recebe um chamado de socorro do País das Maravilhas. Trata-se de mais uma maldade da Rainha de Copas.

Confira abaixo as informações sobre horários e valores:

 

  • Neste musical, Alice (vivida pela atriz Mariana Lilla) já cresceu e se tornou uma adolescente. Um dia, em seu quarto, ela recebe um chamado do País das Maravilhas sobre seu velho amigo Chapeleiro Maluco. Ele precisa da ajuda da garota, pois a mal-humorada Rainha de Copas quer a cabeça dele a todo custo. Estreou em 25/08/2012. Até 02/06/2013.
    Saiba mais
  • Trata-se de mais uma adaptação da obra do francês Julio Verne montada pela Cia. Solas de Vento. Na Inglaterra, Mr. Fog (Ricardo Rodrigues) pretende atravessar o mundo em um prazo apertadíssimo. Para isso, encarrega seu ajudante francês, Passepartout (o ótimo Bruno Rudolf), de providenciar os meios de transporte. Com sucatas e outros itens, ele cria no chão um trem para dar início à aventura. A grande sacada do espetáculo, dirigido por Carla Candiotto, da premiada Cia. Le Plat du Jour, é colocar uma câmera no teto para captar os movimentos dos atores deitados e projetá-los num telão no fundo do palco. As quinquilharias ainda dão forma a embarcações, montanhas e até um elefante, enquanto os aventureiros percorrem Itália, Egito, Índia, China, Japão e Estados Unidos desviando-se das armadilhas do vilão, Mr. Fix (também interpretado por Ricardo Rodrigues). Recomendado a partir de 5 anos. Estreou em 16/7/2011. Até 3/4/2016.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO