Moda

Estilista Diane Von Furstenberg abre loja no Shopping Iguatemi

A butique paulistana terá 100 metros quadrados. Bolsas, sapatos e óculos de sol estarão à venda, além dos famosos vestidos, que vão custar cerca de 1 500 reais

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

diane 2158
Diane, no escritório de Nova York: quadros de Andy Warhol (ao fundo) vão estar na exposição (Foto: Ed Kashi/Corbis)

O fascínio que sustenta o mundo da moda é alimentado por histórias de vida como as de Diane von Furstenberg, estilista que inaugura sua 33ª loja no mundo nesta segunda (29), no Shopping Iguatemi. Nascida em 1946 na Bélgica, em família judia sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz , ela se casou 23 anos depois com o milionário Prince Egon von Furstenberg — por parte de pai, descendente de uma família alemã de sangue azul, e por parte de mãe, dos fundadores da montadora Fiat. Em cerimônia realizada em Paris, ela disse o “sim” vestida com uma criação de Christian Dior, então em início de carreira. Diane mudou-se em 1969 com o marido para Nova York, onde ele iria trabalhar. Ficou famosa meteoricamente quando desenhou uma coleção de roupas para passar o tempo, em 1972. O sucesso se deu por causa de um item em especial: o vestido-envelope. Cruzado na altura dos seios e fechado por um laço na cintura, ele causou alvoroço na crítica especializada e no mercado. Eram vendidas 25 000 unidades por semana. O casamento acabou, mas a carreira prosseguiu. Três décadas depois, suas criações são vestidas pela atriz Kate Hudson, pela primeira-dama Michelle Obama e pela cantora Madonna. 

Jason Merritt/Filmmagic
diane 2158 2
A atriz Kate Husdon: fã da modelagem desenvolvida na década de 70 (Foto: Jason Merritt/Filmmagic)
A atriz Kate Husdon: fã da modelagem desenvolvida na década de 70

Primeira unidade na América Latina, a butique paulistana terá 100 metros quadrados. Serão vendidas 1 000 peças, entre bolsas, sapatos e óculos de sol. Os famosos vestidos vão custar cerca de 1 500 reais. “É a realização de um sonho ter meu espaço no Brasil”, diz Diane. “Minhas roupas valorizam o corpo e têm estampas alegres, por isso combinam com as brasileiras.” Para comemorar a inauguração, está prevista a exposição Journey of a Dress (jornada de um vestido), entre 9 de abril e 8 de maio, no 9º andar do Iguatemi. A própria estilista vem para a abertura. Serão exibidas roupas e obras de arte, como seis quadros assinados por Andy Warhol.

Apaixonada por joias exuberantes, Diane tem outros elos com o Brasil. Desde 2005 ela desenvolve coleções para a H.Stern. Seus brincos, anéis, pulseiras e relógios estão hoje entre os objetos mais vendidos da empresa. Com doze peças, a nova linha, inspirada na Índia, chega às lojas no início de abril. Devido a tantos compromissos com o país, Diane arrisca umas palavras em português. “O Brasil vai virar minha segunda casa”, brinca ela.

Fonte: VEJA SÃO PAULO