Mistérios da Cidade

Estação da Luz é pano de fundo de HQ

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Caio Barretto Briso e Dirceu Alves Jr.] - Atualizado em

A Estação da Luz vai virar história em quadrinhos. Criada pelo desenhista Guilherme Fonseca, a versão ilustrada dessa bela construção de 1901 é o cenário de uma trama carregada de fantasia. O enredo começa nos anos 50, com as primeiras páginas em preto e branco, e foi inspirado na obra Fausto, de Goethe. Mas, em vez de um sábio doutor fazer pacto com o demônio, como no clássico do escritor alemão, aqui é um professor quem negocia com ele. Detalhe: o coisa-ruim aparece como um andarilho que mora no relógio da estação. "A ideia nasceu na minha primeira visita à cidade, há vinte anos", conta o artista, um curitibano radicado aqui. Dono do estúdio de design Hiperquímica, ele incluiu nas tiras outros de seus locais favoritos, como a Avenida Paulista, a Praça da República e o centro histórico. Com 58 páginas, a revista começa a ser vendida no início do segundo semestre.

Fonte: VEJA SÃO PAULO