Perfil

As esquisitices do Dr. Rey

Manias, paranoias e vaidades do cirurgião de Hollywood

Por: João Batista Jr., de Los Angeles

Capa 2270 - Dr. Hollywood
Visual é tudo: Dr. Rey sempre escova cuidadosamente os cabelos antes de pôr os pés na rua (Foto: Mario Rodrigues)

Alimentação: come 25 claras de ovo cozidas toda as manhãs “para ajudar na construção dos músculos .

Animais de estimação: cinco cachorros, dois hamsters, duas cobras albinas e uma arara-amarela que “fala com o sotaque da minha empregada nicaraguense”.

+ A história do Dr. Rey, um paulistano que conquistou Hollywood + Assista à cirurgia feita por Dr. Hollywood

Cabelos: faz escova mais de duas vezes por dia. “Meus fios são feito palha: horríveis”.

Cuidados com o corpo: das 6h às 7h30, alterna treinos de artes marciais (é faixa preta em caratê e luta jiu-jítsu e tae kwon do) com exercícios de academia (“Levanto 240 quilos com meus big braços”).

Estoque: armazena na garagem de casa alimentos suficientes para um ano, “caso ocorra algum ataque terrorista ou terremoto”. Há 36 latas de sopa de tomate, sessenta pacotes de macarrão, 500 litros de água Perrier...

Capa 2270 - Dr. Hollywood
Coleção: camisas e gravatas ocupam boa parte do closet (Foto: Mario Rodrigues)

Gravatas: tem mais de 100.

Maquiagem: só sai de casa depois de passar no rosto lápis, rímel, blush e gloss.

Segurança: anda com uma pistola 9 milímetros no porta-malas de sua Maserati e com um canivete dentro da meia.

Capa 2270 - Dr. Hollywood
Para cuidar da saúde e manter-se jovem: os suplementos fazem parte da rotina do médico (Foto: Mario Rodrigues)

Suplementos: toma 27 multivitamínicos. Alguns para melhorar o tônus da pele, outros para manter a saúde dos testículos.

Capa 2270 - Dr. Hollywood
Por todos os cantos: recortes de reportagens sobre o Dr. Rey decoram os cômodos da mansão (Foto: Mario Rodrigues)

Vaidade: quase todos os cômodos da mansão — isso inclui lavabos, corredores e closet — são decorados com recortes de reportagens sobre ele em revistas de fofoca como “In Touch” e “People”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO