Esporte

Esposa nega gravidade de tumor de Oscar Schmidt

Mulher do ex-jogador de basquete afirma que não foi procurada pelo jornalista responsável por divulgar a notícia no Facebook

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

Oscar Schmidt
Oscar Schmidt: ex-atleta passou por uma cirurgia para a retirada de um nódulo no cérebro (Foto: Agliberto Lima)

Após ser submetido a uma cirurgia no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 30 de abril, para a retirada de um nódulo de três milímetros no cérebro, o ex-jogador de basquete Oscar Schmidit passa bem, foi liberado cinco dias após a operação e não enfrenta complicações decorridas do câncer, segundo sua esposa, Maria Cristina Victorino Schmidt.

À reportagem de VEJASAOPAULO.COM, a mulher de Oscar nega a notícia de que o ex-atleta estaria fazendo sessões de quimioterapia diariamente, divulgada pelo jornalista esportivo Fernando Vanucci, no último domingo (26). De acordo com seu Facebook oficial, o comentarista diz que Oscar retirou um "nódulo considerado grande" e teria iniciado "sessões de quimioterapia devido a gravidade da doença".

Ainda segundo Vanucci, a doença preocupa a família de Oscar, que não queria que a notícia fosse divulgada. A informação logo se espalhou e vazou durante um jantar de comemoração dos 50 anos do bicampeonato mundial da seleção masculina de basquete no último fim de semana, do qual Oscar não foi convidado, de acordo com sua esposa.

vanucci-oscar
Mensagem postada por Fernando Vanucci em seu Facebook no domingo (26) (Foto: Reprodução / Facebook)

Maria Cristina conta que o marido não enfrenta uma "batalha" contra a doença e que tudo isso é um grande desrespeito a ele e sua família. "Olha o que esse cara fez com a minha família. Estamos muito chateados com tudo isso e a notícia foi grotesca. Ele não ligou para ninguém e disse tudo isso sem ao menos nos procurar", desabafa a mulher de Oscar.

Ainda segundo Maria Cristina, o marido faz acompanhamento médico e ressonância de três em três meses, pois em maio de 2011 Oscar passou por uma cirurgia delicada, onde foi retirando um tumor maligno de sete centímetros de seu cérebro. A nova cirurgia ocorreu devido um leve aumento do novo nódulo. Agora, o ex-atleta se prepara para dar início ao tratamento de radioterapia.

"Do jeito que falaram, parece que o Oscar tinha morrido. Tivemos medo durante a primeira cirurgia. Agora ele faz apenas um controle. O tumor voltou a aparecer e os médicos acharam melhor realizar a cirurgia enquanto ele é bem pequeno", explica ela, que não detalha novas etapas do tratamento.

Atualmente, Oscar ministra palestras motivacionais sobre assuntos como inovação, obstinação e liderança, onde já realizou mais de 600 encontros em mais de 300 empresas. Para a reportagem, Maria Cristina afirmou que o marido estava estudando para um evento nesta terça (28) e que não iria se manifestar agora sobre o assunto.

Nascido em Natal e com 55 anos, o "Mão Santa", como é chamado, passou 32 anos dentro das quadras, onde defendeu por 20 anos a Seleção Brasileira de Basquetebol. Considerado um dos maiores jogadores da história do basquete nacional, marcou 49.737 pontos na carreira. Recentemente, Oscar passou a fazer parte do Hall da Fama do Naismith Memorial, em Springfield, seleto grupo do qual já faziam parte os campeões mundiais Ubiratan Maciel e Hortência.

Fonte: VEJA SÃO PAULO