Crianças

Espetáculos infantis que fazem sessão extra no Carnaval

Seis peças têm apresentações na segunda (11), na terça (12) ou em ambas as datas

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Pedro e o Lobo
Os bonecos de 'Pedro e o Lobo': a fábula musical encerra temporada na terça (12) (Foto: Fernando Anhe)

Uma sessão de teatro pode cair muito bem em meio à programação de folia dos pequenos. Seis peças bem avaliadas fazem apresentação extra na segunda (11), na terça (12) ou em ambas as datas.

+ Atrações infantis que ficam abertas durante o feriado

+ Atividades especiais para as crianças caírem na folia

+ Programação completa dos Sescs no Carnaval

Pedro e o Lobo, em cartaz no Sesc Belenzinho, é uma delas. Em tempo: a encantadora fábula sobre o menino que quer capturar um bicho na floresta encerra temporada no próprio dia 12.  Não perca:

  • A princesa Aurora foi amaldiçoada no dia do seu nascimento por uma fada cruel chamada Carabosse, que não havia sido convidada pelo rei para a festança no castelo. No seu aniversário de 15 anos, Aurora está fadada a espetar o dedo no fuso de uma roca de fiar e cair em sono profundo. Para se livrar da maldição a jovem terá de receber um beijo de um verdadeiro amor. Inspirada no conto original de Charles Perrault, a montagem traz canções de vários desenhos animados do estúdio Walt Disney.
    Saiba mais
  • De Beto Andreetta. Nos moldes de Bichos do Brasil, de 2001, a companhia Pia Fraus conta com os inventivos bonecos criados por Dino Soto e Sidnei Caria para retratar a relação entre os animais e suas proles. De uma oca de 3,5 metros de altura saem todos os bichos — e até índios —, confeccionados com fibras, bucha vegetal, madeira e outros materiais naturais. Um misto de humor e fofura rege a trama sem diálogos, que inclui um grupo de sapos desafinados. Num dos momentos mais marcantes, a oca se transforma no casco de uma grande tartaruga. Estreou em 26/09/2009. Até 24/02/2013.
    Saiba mais
  • Adaptação musical de Chico Buarque para a peça de Sérgio Bardotti e Luiz Enriquez. Com figurinos coloridos, Rosy Aragão (de voz grave e macia), Juliana Romano e Marcelo Diaz dão vida aos  animais dispostos a fugir dos maus-tratos dos patrões. Além das conhecidas canções originais, entre elas História de uma Gata e A Cidade Ideal, trechos de outras composições ganham menções. Versos como “hakuna matata”, da animação O Rei Leão, arrancam gargalhadas das crianças. Beatriz, pinçada do balé O Grande Circo Místico, de Chico e Edu Lobo, emociona os saudosos adultos na plateia. Recomendado a partir de 3 anos. Estreou em 04/10/2008. Até 18/12/2016.
    Saiba mais
  • Encantadora, a fábula musical do compositor russo Sergei Prokofev ganha vida e (muitas) cores pelas mãos dos hábeis manipuladores da Imago Cia. de Animação. A trama apresenta um menino que desobedece ao avô e foge para a foresta na companhia de um pato, um gato e um passarinho. Lá, encontra um lobo feroz e tem de usar a inteligência para se safar e salvar os amigos. Recomendado a partir de 3 anos. Estreou em 3/1/2004. Até 1º/5/2016.
    Saiba mais
  • No picadeiro, duas crianças se deparam com vários animais, que são apresentados em números de equilíbrio e de acrobacia. A produção reúne sessenta artistas e agrada pelo visual e pela técnica do elenco. Além das ilusões de Rodrigo Marinhos, sobressai Alfredo Muños, que apresenta um complicado número sobre cinco monociclos. Estreou em 3/3/2012. Até 15/12/2013.
    Saiba mais
  • Em um hospital psiquiátrico, três homens começam a dar vida aos utensílios da cozinha para passar o tempo. A direção precisa e o roteiro delicado de Henrique Sitchin encantam a plateia. O elenco talentoso, formado por Rafael Senatore, Gabriel Sitchin, filho de Henrique, e Hugo Reis, reforça o poder da imaginação, e a plateia rapidamente embarca na viagem. Estreou em 1°/7/2012. Dias 21 e 22/3/2015.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO