Roteiro

Espetáculos de dança já confirmados para 2013

Fique por dentro das melhores atrações do ano novo

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Alvin Ailey
Espetáculo 'Revelations', da companhia Alvin Ailey (Foto: Andrew Eccles)

A programação de dança na cidade para 2013 ainda não foi definida pelos principais endereços, tais como o Teatro Municipal e o Teatro Alfa. Já no começo do ano, entretanto, o público terá uma bela opção de espetáculo: Morena Nascimento retoma temporada de Estudos Para Claraboia.

Junto com Andreia Yonashiro, a bailarina mineira assina a coreografia encenada em um piso de vidro sobre a piscina do Sesc Belenzinho. O elemento surpreendente é que a plateia é convidada a assistir à perfomance dentro da água - um programa imperdível. Fique atento, pois os bilhetes para a reestreia, marcada para 15 de janeiro, já estão disponíveis.

Confira abaixo essa e outras atrações de dança em 2013:

Morena Nascimento Estudos Para Claraboia
'Estudos Para Claraboia' mostra dança de uma perspectiva diferente (Foto: Nino Andres Biasizzo)

JANEIRO

15/1 - Morena Nascimento e Andreia Yonashiro voltam a apresentar Estudos para Claraboia no Sesc Belenzinho. No elenco estão os bailarinos Barbara Freitas, Chico Lima, Letícia Tadros, Lua Tatit, Lucas Delfino, Marília Coelho, Natalia Fernandes, Patrícia Árabe, Renato Vasconcellos e Willy Helm.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

MAIO

1º/5 - A primeira edição do Festival O Boticário na Dança será realizada em São Paulo, no Rio de Janeiro e também em Curitiba. Nomes inéditos na América Latina, como Shen Wei Dance Arts (Estados Unidos) e Hofesh Schecter (Reino Unido), marcarão presença. Entre os brasileiros, a companhia goiana Quasar é o destaque.

DATA A CONFIRMAR

Alvin Ailey American Dance Theater - Alvin Ailey foi um coreógrafo negro que nasceu no Texas rural de 1931. Em 1954, mudou-se para Nova York e formou um grupo de dança que se tornou o Alvin Ailey American Dance Theater. A companhia já se apresentou para mais de 23 milhões de pessoas em 71 países. Na capital, o espetáculo está agenda do Credicard Hall, mas ainda sem data definida.

Fonte: VEJA SÃO PAULO