Mistérios da Cidade

Escultura que determina número das rodovias paulistanas é restaurada

Por: Marcella Centofanti [Maria Paola de Salvo e Sandra Soares] - Atualizado em

Esculpido em 1934 pelo artista francês Jean Gabriel Villin, este prisma hexagonal revestido de mármore é responsável por determinar a numeração das rodovias que partem da capital. A SP–70, por exemplo, está localizada a um ângulo de 70 graus em relação ao local onde fica a peça, marco zero paulistano. Na última quinta-feira, quando São Paulo completou 453 anos, a escultura foi reentregue à população depois de uma restauração que durou seis meses. A placa de bronze localizada no topo do prisma, onde se vê um mapa das estradas, havia sido roubada e foi substituída por uma réplica. O marco zero está encravado no coração da cidade: em frente à Catedral, na Praça da Sé.

Fonte: VEJA SÃO PAULO