Teatro

Escritor de peças infantis, Vladimir Capella morre no ABC aos 62 anos

Um dos mais importantes autores do gênero no país, o dramaturgo sofreu parada cardiorrespiratória

Por: Veja São Paulo

Vladimir Capella
O dramaturgo, morto aos 62 anos (Foto: Reprodução / Facebook)

Morreu na manhã desta terça (21) o dramaturgo Vladimir Capella, especializado em peças infantis. Segundo familiares e amigos, o diretor havia sido internado há cerca de 25 dias na UTI do hospital Albert Sabin, em São Caetano do Sul, onde nasceu, devido a uma infecção pulmonar. No local, os médicos descobriram que ele ainda possuía complicações cardíacas, o que o levou a ficar sedado por alguns dias.

No último sábado (18), Capella foi transferido para o complexo hospitalar Maria Braido,na mesma cidade. Sem conseguir reagir, o diretor, que era fumante, sofreu uma parada cardiorrespiratória por volta das 10h de hoje. Ele tinha 62 anos.

+ As melhores peças infantis em cartaz

Vladimir Capella foi um dos mais importantes dramaturgos infantis do país. Escreveu peças como Avoar, Panos e Lendas e Do Outro Lado e dirigiu adaptações de clássicos como O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá e Tristão e Isolda.

A atriz Cibele Troyano trabalhou com Vladimir em diversas peças e fez seu mestrado com base na obra do diretor. “Estudei a relação que ele conseguia estabelecer entre a morte e o universo infantil nas produções. Era meu melhor amigo, nos falávamos muito. Tinha uma personalidade muito generosa, sensível. Uma perda irreparável”, disse a VEJA SÃO PAULO.

+ 25 motivos para amar São Caetano

Segundo a família, o velório do dramaturgo será feito no Hopsital São Caetano. O sepultamento ocorrerá amanhã, ainda sem horário definido, no Cemitério Cerâmica, na mesma cidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO